Prefeito de Bonfinópolis de Minas diz estar preparado para se defender em CPI

3460
Donizete 32
Prefeito de Bonfinópolis de Minas, Donizete Antônio dos Santos
Publicidade

A Câmara Municipal aprovou a instalação de comissão para investigar denúncia de irregularidades no pagamento da manutenção da frota de veículos do Executivo

Por 4 votos favoráveis e 3 contrários, a Câmara Legislativa de Bonfinópolis de Minas decidiu instalar uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar denúncia de irregularidades em notas fiscais de peças e serviços de manutenção e reparos da frota de veículos da Prefeitura Municipal, envolvendo o nome o prefeito Donizete Antônio dos Santos. De acordo com denúncia apresentada pelo empresário Rafael dos Santos, aos vereadores, ainda em 2017, os valores das notas fiscais estavam muito acima do mercado, conforme declarações do empresário à Promotoria de Justiça do município, em 17 de julho de 2019.

Câmara
Plenário da Câmara Municipal de Bonfinópolis de Minas

Após a votação com Casa cheia, nessa segunda-feira, uma comissão composta por três vereadores foi constituída por meio de sorteio diante do público presente na Câmara. Os vereadores Geraldo de Henrique, Pafúncio Brandão e Lívia Matos foram sorteados e votaram entre si para definir a função de cada um na comissão. Pafúncio Brandão foi escolhido presidente e Lívia Matos a relatora. O grupo é responsável por investigar a denúncia.

Donizete declarou ao Diário de Bonfinópolis, nesta terça-feira (17), que as denúncias envolvem questões pessoais, como desentendimentos entres os sócios da empresa de Rafael e outros pontos em que não cabe a interferência do gestor. Além disso, mencionou o temperamento explosivo do denunciante.

Ouça aqui a fala do prefeito:

“O processo está aberto e eu estou preparado para fazer minha defesa onde for necessário, seja na Câmara, no Poder Judiciário, seja junto com a sociedade. (…) Não tenho receio nenhum (…). Pelo que eu conheço dos fatos, tenho certeza que sairei vitorioso desse processo”, afirmou.

Donizete também reclamou da falta de diálogo dos vereadores com o Executivo, diante das acusações.

O prefeito pede para que a população confie no andamento do processo e também ressalta que os projetos encaminhados à Câmara sejam votados. Entre eles, o asfaltamento de ruas e construção de moradias populares e do Espaço Mais Saúde para a prática de atividades aquáticas como natação e hidroginástica.