20.5 C
Brasília
segunda-feira, junho 17, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Morre um dos maiores fotojornalistas do país. Orlando Brito

    O Brasil, perdeu, hoje um dos maiores fotojornalistas do país. Orlando Brito. Brito estava internado na UTI do Hospital Regional de Taguatinga, no Distrito Federal e morreu, na manhã desta sexta-feira (11/03), depois de 34 dias lutando pela vida. Mais que um grande profissional, o jornalismo perde um amigo, um ser humano maravilhoso.

    Nascido em Janaúba, Minas Gerais, no dia 8 de fevereiro de 1950, Brito chegou a Brasília ainda menino, no começo de 1957, durante a construção da nova capital. Seu trabalho abrange os temas da política e da economia, questões sociais, da vida urbana e do interior, terras, índios, esportes e, enfim, todos os assuntos.

    Ao longo da sua extensa carreira como repórter fotográfico, viajou por mais de 60 países, em coberturas presidenciais, papais e esportivas. Daí surgiram verdadeiras obras de arte em forma de fotografias. Brito era um gênio, conseguia captar a alma das pessoas e enxergar além. Assim, foram registradas pelas suas lentes cenas icônicas da política, do esporte, do cotidiano.

    De 1968 a 1982, trabalhou no jornal O Globo. Depois, transferiu-se para a Veja, onde ficou por 16 anos e, em São Paulo, foi editor de fotografia da revista emplacando o impressionante total 113 capas, recorde nunca superado até hoje. Foi também editor de fotografia do Jornal do Brasil, no Rio, em 1988 e 1989.

    Ao longo dos anos foi um dos fotógrafos mais premiados do país. Ganhou o prêmio World Press de 1979, na categoria de sequência fotográfica. Venceu ainda onze prêmios Abril entre 1983 e 87, passando a ser considerado hors concours neste certame. Foi contemplado com a bolsa VITAE de Fotografia em 1989.

    Além do site Os Divergentes, Brito tinha a própria agência de fotografia, a ObritoNews. Ministrou cursos, workshops para grupos em empresas e aulas em universidades, faculdades e escolas de comunicação e jornalismo. Recentemente, colocou suas obras à venda na internet.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES