Familiares de jovem de Bonfinópolis de Minas, morto em Londres, pedem ajuda para o traslado do corpo

Amigos, colegas de profissão e brasileiros solidários aos parentes já fizeram doações, por meio de uma vaquinha online. Qualquer quantia será bem recebida

197
Mateus
FOTO: Arquivo pessoal

Marcos Mateus Matos Menezes Alves, de 25 anos, natural de Bonfinópolis de Minas, morreu em um acidente de trânsito em Londres, na tarde desse sábado (29).  No momento da colisão entre dois veículos em alta velocidade, o jovem trabalhava como motoboy de aplicativo ao sul da capital britânica. Desolada, a família reúne esforços e pede ajuda financeira para trazer o corpo de Mateus para enterrar em sua terra natal.

Uma vaquinha virtual foi criada pelos parentes da vítima, até o fechamento deste texto, faltava pouco para a meta de £15 mil libras ser alcançada. A campanha havia arrecadado mais de £12 mil libras. Valor doado por familiares, amigos, colegas de profissão e por brasileiros solidários aos parentes. Qualquer quantia pode ser doada pelo site gofundme.com. O rapaz, que era filho único, deixa esposa e duas filhas, de 5 e 3 anos de idade. A família completa mora em Unaí (MG), distante 142 quilômetros de Bonfinópolis de Minas, cidade da família materna de Mateus.

O traslado do corpo deve levar de duas a três semanas. As negociações serão feitas com a Aeronáutica e o Itamaraty.

Mateus morava em Londres, desde 2019. O objetivo da mudança para a capital da Inglaterra, foi a busca pela a realização do sonho de dar uma vida melhor para sua família.

 

COMPARTILHAR
Artigo anteriorPlataforma oferece agilidade a gestores públicos e transparência a população
Próximo artigoBebê é encontrado vivo entre os corpos dos pais após carro cair de ponte; menino foi transferido em helicóptero de MG para o DF
Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.