20.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 22, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    DPDF: Mulheres em vulnerabilidade ganham acesso a exames gratuitos de imagens e de sangue

    A sétima edição do Dia da Mulher da Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF) contará com a distribuição de vouchers para a realização de exames de imagem e de sangue a mulheres acima dos 40 anos de idade. A nova parceria firmada com o Instituto Sabin tem como objetivo ofertar mais um serviço para o público feminino do DF. A ação mensal gratuita destinada a mulheres em situação de vulnerabilidade será realizada na segunda-feira (6/11), das 8h às 17h, no Nuclão da DPDF, localizado no Setor Comercial Norte (SCN), Quadra 1, Edifício Rossi Esplanada Business, loja 01, Subsolo, próximo ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran).

    O evento oferecerá diversos serviços, como mamografias, exames citopatológicos, inserção de DIU, exames de DNA, atendimentos odontológicos, consultas com uma médica da família e com profissionais de enfermagem além de atendimentos de mediação, orientação jurídica e psicossocial, entre outros. Além disso, na edição de novembro, a Secretaria da Pessoa com Deficiência promoverá atendimentos variados, incluindo a assistência a fim de emitir a carteira de identificação de pessoas com transtorno do espectro autista.

    Desde a primeira edição, realizada em 2 de maio, 3.566 mulheres foram atendidas tanto pela DPDF quanto pelas instituições parceiras. A cada edição, novas instituições, órgãos e empresas tornam-se parceiros da ação, com o intuito de ampliar a oferta de serviços relacionados ao bem-estar, à saúde, ao empoderamento e à inclusão social do público feminino, criando um ambiente favorável para que as mulheres vulneráveis recebam apoio abrangente e integrado, visando à melhoria da qualidade de vida e ao enfrentamento das adversidades que elas enfrentam.

    A Subdefensora Pública-Geral Emmanuela Saboya reforça que a nova parceria é de extrema importância, pois contribui para a promoção da saúde, o diagnóstico precoce de condições médicas e o acesso igualitário aos cuidados de saúde. “Oferecer exames de imagens e de sangue gratuitos para mulheres vulneráveis é uma estratégia crucial para promover a saúde, a igualdade de acesso aos cuidados de saúde e melhorar a qualidade de vida dessas mulheres. A detecção precoce e a prevenção de doenças por meio de exames gratuitos podem levar a uma redução nos custos de saúde a longo prazo, uma vez que tratamentos mais complexos e onerosos podem ser evitados”, explicou.

    Parceiros

    O Dia da Mulher da Defensoria Pública do DF é uma ação mensal destinada ao público feminino que ocorre na primeira segunda-feira de cada mês. Caso seja feriado, o evento é realizado no primeiro dia útil subsequente. A ação conta com a parceria do Instituto Sabin, do Serviço Social do Comércio (Sesc), do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes/DF), da Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), da Secretaria da Mulher, da Secretaria de Saúde, da Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus), da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Renda (Sedet), da Secretaria da Pessoa com Deficiência, da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran/DF), da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) e da Administração Regional do Plano Piloto.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES