Minas Gerais recomenda o fim do uso de máscaras em locais fechados a partir de 1º de maio

De acordo com o secretário de Saúde, queda no número de casos de covid, avanço da vacinação infantil e ampliação da 2° dose de reforço indicam melhora no cenário

532
MASCARA
Foto; Raquel Portugal/ Fiocruz
Publicidade

O uso de máscaras de proteção à covid-19 deve deixar de ser obrigatório em locais fechados em Minas Gerais a partir de 1/5. Em coletiva realizada nesta sexta-feira (1/4), em Belo Horizonte, o secretário de Estado de Saúde de Minas Gerais, o médico Fábio Baccheretti, falou que a flexibilização do uso do equipamento valerá se a tendência de casos da doença continuar em queda.

“Estamos num momento de queda no número de casos de covid-19 em Minas, de avanço na vacinação infantil e também de ampliação da segunda dose de reforço, que a partir deste sábado, 2/4, abrangerá as pessoas maiores de 70 anos. A partir da tendência de evolução positiva do cenário, nossa expectativa é a de que, a partir de 1/5, o uso de máscaras em ambientes fechados seja desobrigado em todo o estado, independente da cobertura vacinal alcançada individualmente em cada município”, afirmou Baccheretti.

Vale destacar que a decisão de liberação ou não das máscaras cabe a cada município. O Estado apenas faz a recomendação.

Ainda de acordo com o secretário, dentro do critério de cobertura vacinal, atualmente 151 municípios mineiros já apresentam condições de fazer essa flexibilização. “No dia 10/3, apenas quatro municípios apresentavam 70% da população vacinada com a dose de reforço (DR) e, hoje, são 151 municípios que alcançaram essa cobertura. Outros 166 já estão entre 60% e 70%. Lembramos que cabe às gestões municipais a decisão de adotar ou não a medida (de desobrigar o uso de máscaras em locais fechados)”, disse.

Vacinação em Minas

Até o momento, Minas Gerais apresenta 82% de cobertura para a primeira dose da vacina contra covid para a população total e 77% para a segunda dose. Já com relação à dose de reforço, a cobertura no estado está em 53%.

Saiba mais sobre vacinação contra covid em Minas em coronavirus.saude.mg.gov.br/vacinometro.

Espera por leitos UTI

Na coletiva, o secretário de Saúde também destacou que, de acordo com os dados do SUSFácil, extraídos na manhã desta sexta-feira (1/4), nenhum paciente suspeito ou confirmado para covid-19 aguarda por internação em leitos de UTI. “Em março de 2021, chegamos a ter mais de 800 pacientes aguardando por esse tipo de internação e hoje esse número é de zero. Esse é um dado muito concreto e positivo, que confirma nosso momento de melhora no estado. É também a prova de que as pessoas estão adoecendo menos pela doença e que a vacinação é eficiente e segura”, destaca Baccheretti.

FONTEAgência Minas
Artigo anteriorMinistério do Trabalho orienta afetados por greve do INSS a reagendar atendimentos
Próximo artigoMedicamentos ficam 10,89% mais caros em todo o país a partir desta sexta-feira (1º)
Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.