20.5 C
Brasília
domingo, julho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Jovens de escolas mineiras podem se inscrever no concurso Abracopel até 1/7

    Conscientizar crianças e adolescentes sobre os riscos de acidentes de origem elétrica e criar multiplicadores para disseminar o tema na sociedade. Essas são as diretrizes da 13ª edição do Concurso Nacional Abracopel de Redação, Desenho e Vídeo – Etapa Regional da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade (Abracopel). As inscrições podem ser feitas por jovens de todo o país até 1/7.

    Podem participar instituições públicas e privadas e alunos matriculados regularmente, com idades de 6 a 18 anos. Nesta edição, o tema das produções será “Eletricidade com Segurança”. Mais informações no site da Abracopel. No ano passado, a organização da Associação recebeu a inscrição de 13.721 participantes de 324 escolas, localizadas em 20 estados de todas as regiões do país.

    Lauro Cesar Cota, técnico de Segurança da Cemig, enfatiza a importância da segurança no uso da energia elétrica como um valor inegociável para a empresa, e destaca a parceria com a entidade como um meio de disseminar esse valor entre a sociedade.

    “O sucesso dessa parceria está na capacidade de envolver crianças e jovens, permitindo que eles compreendam os riscos associados ao uso da energia elétrica e aprendam a controlá-los. Dessa forma, essa conscientização sobre os perigos elétricos é fundamental para garantir um futuro sem acidentes e os impactos sociais negativos que eles podem acarretar”, avalia o especialista.

    Para Lauro Cota, a importância desta iniciativa reside na habilidade de engajar crianças e jovens, permitindo que compreendam os riscos e aprendam a controlar os perigos associados ao uso da energia elétrica, visando assegurar um futuro com uma sociedade mais consciente sobre os perigos da eletricidade e com menos acidentes de origens elétricos.

    A Cemig é a única distribuidora de energia que participou de todas as suas edições, nas quais os alunos e professores das escolas mineiras têm se destacado.

    Premiação

    Os vencedores de cada categoria serão premiados conforme abaixo:

    Primeiro lugar

    Aluno: Um tablet, troféu e certificado impresso.

    Professor: Um tablet, troféu e certificado impresso.

    Escola: Troféu e certificado impresso.

    Segundo ao vigésimo lugares

    Alunos: medalha de menção honrosa, certificado on-line

    Professores: medalha de menção honrosa, certificado on-line

    Escolas: certificado on-line

    Mais informações sobre o concurso podem ser obtidas no site da Abracopel.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES