20.5 C
Brasília
quinta-feira, maio 23, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Governo promove concurso para eleger mascote dos Jogos Escolares de Minas Gerais

    O Governo de Minas está empenhado em fortalecer a cultura democrática dentro das escolas e em suas comunidades por meio de iniciativa inovadora: promove Concurso de Desenho para escolher o mascote dos Jogos Escolares de Minas Gerais (Jemg).

    Organizado pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e com apoio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), por meio da Subsecretaria de Esportes (Subesp), e a Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (Feemg), o concurso busca engajar os estudantes na criação de um símbolo que represente o espírito dos jogos.

    Estudantes de todas as escolas e redes de ensino fundamental e médio de Minas Gerais podem participar, enviando um desenho original até o dia 13/5.

    O mascote vencedor será escolhido por meio de votação popular, garantindo a participação da comunidade na seleção do símbolo que representará o evento. O resultado final será divulgado no dia 24/6. Confira informações e cronograma no regulamento disponível neste link.

    Exercitar a criatividade

    Além de oportunidade para os estudantes exercitarem a criatividade, o concurso tem como objetivo estimular a participação e o envolvimento de toda a comunidade escolar nos Jogos Escolares de Minas Gerais.

    É incentivo para os estudantes se engajarem ativamente no evento e se sentirem parte integrante dessa celebração do esporte e da educação mineira.

    Segundo a superintendente de Políticas Pedagógicas da SEE/MG, Rosely Lima, o projeto busca engajar os estudantes para a criatividade.

    “Ter um mascote idealizado por eles é altamente representativo para a rede, pois demonstra não apenas engajamento como também participação ativa diante da importância do esporte na formação de crianças e adolescentes”, destaca.

    “Uma das razões para a criação de um mascote para os jogos escolares é estabelecer uma identificação cada vez maior do público-alvo, que são os estudantes-atletas, com a competição, além de promover uma figura positiva durante a realização dos jogos”, comenta o superintendente de Programas Esportivos da Sedese, Frederico Pessoa.

    Seleção e premiação

    O concurso está dividido em etapas.

    Na primeira, as unidades escolares orientarão os estudantes para a inscrição e criação do desenho do mascote, selecionando um único desenho para a próxima etapa.

    Na segunda, as Superintendências Regionais de Ensino (SREs) vão selecionar um desenho por regional e encaminharão à comissão organizadora. As etapas subsequentes são a seleção dos cinco desenhos para votação popular, pela comissão organizadora.

    Todos os autores dos desenhos selecionados na etapa da SRE receberão certificado de participação. E, na etapa final, os três participantes com maior número de votos na votação popular receberão medalhas (simbólicas) de ouro, prata e bronze, respectivamente.

    Confira o cronograma aqui.

    Jemg

    O Jemg é uma iniciativa da Sedese, por meio da Subsecretaria de Esportes, em parceria com a SEE/MG, que valoriza a prática esportiva escolar e a construção da cidadania dos jovens estudantes-atletas.

    A execução técnica é de responsabilidade da Federação de Esportes Estudantis de Minas Gerais (Feemg).



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES