20.5 C
Brasília
quinta-feira, maio 23, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Cadernos Mapa e Jornal Lupa continuam sendo disponibilizados para toda Rede Estadual de Educação

    Os educadores da rede estadual de ensino já podem acessar os Cadernos Mapa do primeiro bimestre de 2024 e a 37ª edição do Jornal Lupa. A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) disponibilizou os materiais que têm a função de apoiar as atividades do professor em sala de aula no decorrer do processo educacional.

    Os cadernos Mapa e as edições do jornal Lupa fazem parte do Mapa MG, que é um conjunto de materiais desenvolvidos pela Escola de Formação e Desenvolvimento Profissional de Educadores da SEE/MG. Dentre os materiais de apoio pedagógico que compõem o Mapa MG é possível listar: Currículo Referência de Minas Gerais, Plano de Curso, Cadernos Mapa, Jornal Lupa, Se Liga na Educação e o Plano de Aula do Professor.

    Os Cadernos Mapa são materiais pedagógicos com sugestões de sequências didáticas das habilidades do Currículo Referência Minas Gerais (CRMG). Eles foram elaborados a partir das habilidades previstas para cada bimestre, conforme o plano de curso, e disponibilizados bimestralmente para todos os anos de escolaridade da Educação Básica.

    Jornal Lupa

    As edições do Jornal Lupa são complementos aos Cadernos Mapa, enfatizando o trabalho em diferentes gêneros e tipologias textuais. Esse material está disponível quinzenalmente e é composto por uma edição do Jornal e um Caderno de atividades. O caderno é elaborado a partir dos jornais disponibilizados, como forma de apoio e reforço às habilidades previstas no Plano de Curso, criado a partir do CRMG.

    O jornal é uma excelente ferramenta para introduzir os alunos ao universo dos gêneros textuais. Por meio da leitura de notícias, reportagens, crônicas, entrevistas e outros formatos presentes no jornal, os estudantes podem ampliar suas habilidades de leitura e interpretação, além de desenvolver a capacidade de produzir textos em diferentes estilos. Ao utilizar o jornal como recurso didático, os professores podem explorar diversas atividades em sala de aula, tais como a análise de notícias, a produção de reportagens, debates e discussões, interpretação e criação de tirinhas e charges.

    Novidades

    Em 2024 o Jornal Lupa terá novidades, em abril será lançada uma versão especial do jornal chamada “Lupinha”, direcionada para o público mais jovem, especialmente os estudantes que estão no ciclo de alfabetização. Essa versão do periódico será publicada duas vezes por semana e apresentará textos que dialogam com a realidade e necessidades desse público específico.

    O jornal “Lupinha” busca proporcionar uma experiência de leitura e aprendizado enriquecedora para os estudantes em fase de alfabetização. Os textos serão cuidadosamente elaborados para despertar o interesse, a curiosidade e a compreensão dos assuntos abordados. Já os Cadernos Mapa MG contam com uma versão para os professores e outra para os estudantes, aumentando assim a efetividade das ações de consolidação da aprendizagem.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES