20.5 C
Brasília
segunda-feira, junho 17, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Governo lança 3ª edição do Trilhas de Futuro com 40 mil novas vagas

    Maior programa de formação profissional de jovens estudantes já desenvolvido no Estado, o Trilhas de Futuro continuará em 2023. A terceira edição foi confirmada pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), e terá novidades. Já no início deste próximo ano, serão 40 mil novas vagas. Outro destaque é o reajuste para R$ 20 por dia da ajuda de custo oferecida aos estudantes, para despesas com transporte e alimentação.

    O Trilhas de Futuro oferece cursos técnicos gratuitos em instituições públicas ou privadas em diversas regiões do estado. O objetivo é capacitar os jovens para alcançarem novas oportunidades no mercado de trabalho. O público alvo são alunos com origem no ensino médio da rede estadual de ensino, e as vagas residuais seguem para demais estudantes da rede municipal, privada e demais interessados.

    “Este é um programa que veio para ficar. Estamos muito felizes com o resultado e até o final de dezembro já teremos formado mais de mil estudantes com capacitação em curso profissionalizante e preparados para ingressarem no mercado de trabalho. As instituições parceiras já estão se organizando para receber esses novos alunos”, pontua o secretário de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG), Igor de Alvarenga.

    Edital

    O novo edital foi publicado em 23/11 e iniciou o processo de credenciamento de instituições e novos cursos. Os interessados devem ficar atentos ao início das inscrições, em janeiro de 2023, que serão feitas exclusivamente por meio de formulário eletrônico disponibilizado na internet. Todas as informações serão divulgadas no site https://www.trilhasdefuturo.mg.gov.br/.

    Após a inscrição ocorrerá o processo de alocação dos candidatos, que será realizado com base nas opções apresentadas no momento da inscrições e nos critérios de priorização previstos na Resolução SEE N° 4.794/2022. Os alunos alocados serão informados via e-mail e para a efetivação da matrícula, os pais/responsáveis ou o próprio estudante, quando maior de idade, deverão se apresentar na instituição credenciada para a qual o estudante foi encaminhado, portando os documentos previstos no edital. O processo de matrículas regulares iniciará em fevereiro de 2023.

    Vagas residuais

    O período para a abertura do processo de preenchimento das vagas residuais está previsto para o mês de março de 2023. O estudante que se inscrever na vaga residual terá até 24 horas para comparecer à instituição, acompanhado de responsável, quando menor de 18 anos, portando os documentos previstos no edital, para confirmação da matrícula. Caso não confirme a matrícula neste prazo, a vaga será disponibilizada novamente, de forma on-line, para inscrição de outros candidatos.

    Em abril de 2023, com o encerramento do processo de preenchimento das vagas residuais, as turmas serão formadas e as aulas iniciadas.

    Formatura

    A primeira edição do Trilhas de Futuro, em 2021, ofereceu mais de 70 mil vagas em 110 municípios. O segundo edital ampliou para mais 40 mil novas vagas e houve, também, aumento no número de cursos disponibilizados. Ao todo, são 78 opções em 181 instituições credenciadas, em 123 municípios mineiros. Desde o lançamento do programa, o Governo de Minas já investiu quase R$ 1 bilhão na iniciativa.

    As primeiras formaturas foram realizadas em novembro deste ano: 1.183 alunos de 54 turmas dos cursos técnicos nas áreas de marketing, finanças, designer de interiores, técnico em eventos e em produção de moda, entre outros, concluíram os estudos em 20 instituições. Para 2023, ainda é aguardada mais uma série de formaturas de alunos da primeira edição do Trilhas. Em abril serão quase 33 mil alunos, de 853 turmas matriculadas, em cerca de 88 instituições de ensino, em todo estado, concluindo formações.

    Atualmente, estão matriculados mais de cem mil estudantes nos cursos do Trilhas de Futuro da 1ª e 2ª edições.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES