20.5 C
Brasília
sexta-feira, julho 19, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Inovação: Secretaria de Saúde lança assistente virtual para agilizar comunicação entre público e servidores da área

    Agilizar o esclarecimento de dúvidas dos profissionais da saúde que atuam nas Unidades Regionais, nos Serviços de Saúde e nos municípios em geral: esse é o principal objetivo da Assistente da Vigilância Epidemiológica, inovação desenvolvida e lançada pela Coordenação de Processamento de Dados Epidemiológicos da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

    De acordo com a superintendente de Vigilância Epidemiológica da SES-MG, Jaqueline Oliveira, a assistente virtual, apelidada de Vivi, conta com um sistema baseado em dois FAQ (Perguntas Respondidas Frequentemente) elaborados pela Coordenação Estadual do Programa de Imunizações (Cepi) e pelo Grupo de Análise e Monitoramento da Vacinação em Minas Gerais (Gamov-MG).

    Ela explica que, por meio da ferramenta, trabalhadores da saúde poderão obter respostas sobre recursos destinados à vacinação e ao vacimóvel (centro de vacinação itinerante) de forma mais ágil, sem precisar contatar a equipe técnica por e-mail ou telefone. A assistente também poderá ser acessada por pesquisadores, estudantes, jornalistas e cidadãos em geral.

    A superintendente antecipa que, futuramente, as demais áreas do setor terão suas próprias aplicações integradas para atendimento, o que, consequentemente, ampliará a quantidade e diversidade de informações oferecidas pela assistente virtual.

    “Desde já, a equipe da SES-MG tem trabalhado na ampliação dos temas que poderão gerar dúvidas frequentes esclarecidas pela Vivi, como questões relacionadas às arboviroses, zoonoses, covid-19, infecções sexualmente transmissíveis, entre outras doenças e agravos de notificação compulsória que são trabalhados pela vigilância epidemiológica. Além disso, a Vivi será útil no esclarecimento de dúvidas relacionadas às ações e serviços executados pela vigilância em saúde ambiental, vigilância em saúde do trabalhador e vigilância do óbito, entre outras temáticas”, detalha Jaqueline Oliveira.

    Ainda segundo Oliveira, os questionamentos que a assistente virtual não estiver apta a responder poderão ser encaminhados pela própria Vivi para a área técnica responsável, melhorando, assim, o aprendizado da aplicação. Nesses casos, basta que o usuário digite e envie o comando “falar com humano”.

    A coordenadora da Vigilância Epidemiológica da Regional de Uberlândia, Mariana Bernardes, destaca a importância do sistema. “Uma ferramenta que melhore a comunicação e a informação é muito interessante, já que facilita o trabalho das áreas técnicas, melhora o entendimento sobre as resoluções vigentes e deixa os profissionais mais seguros para atuarem”, afirma.

    A assistente virtual, que funciona por meio de chatbot, já está no ar e pode ser acessada no Portal da Vigilância em Saúde por meio deste link.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES