20.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 22, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Secretaria de Estado de Saúde lança curso de manejo clínico de chikungunya

    A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) lançou, nesta semana, Curso Clínico das Arboviroses II – Chikungunya, destinado a médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem que atuam no atendimento de pacientes com suspeitas ou diagnóstico da doença na atenção primária. O curso é gratuito e tem duração de dez horas.

    Segundo a coordenadora de Vigilância das Arboviroses da SES-MG, Danielle Capistrano, a epidemia de dengue e chikungunya no último período sazonal, com a co-circulação dos dois vírus, a suscetibilidade da população e alta infestação de Aedes aegypti no estado fizeram com que o estado tivesse um olhar mais cuidadoso para suspeitar de casos de arboviroses.

    “A SES acredita que esse é o momento para preparar os profissionais para lidarem com o próximo período sazonal. A iniciativa é uma ação do estado que busca melhorar a qualidade do atendimento à população e capacitar os trabalhadores da saúde para a condução da assistência e a notificação dos casos”, explicou a coordenadora.

    Metodologia

    O curso utiliza das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), por meio do ensino a distância (EaD), com a metodologia autoinstrucional. Por isso, pode ser realizado de acordo com a disponibilidade e o ritmo do participante.

    O conteúdo programático abordado busca compartilhar informações e qualificar a atuação dos profissionais no atendimento às pessoas com suspeita e com diagnóstico de chikungunya, com temas como abordagem sindrômica, manejo clínico, processos de notificações e a organização da assistência para atendimento aos casos.

    Inscrições

    Os interessados devem se cadastrar no ambiente virtual de aprendizagem da SES-MG por meio do endereço http://ava.saude.mg.gov.br/. Em seguida, é necessário buscar o Curso Clínico das Arboviroses II – Chikungunya, localizado na aba cursos da Vigilância em Saúde.

    O profissional que finalizar o curso terá direito a emissão do certificado de participação. Dúvidas podem ser enviadas para dengue@saude.mg.gov.br.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES