20.5 C
Brasília
sexta-feira, junho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    SUS oferece cursos gratuitos para combate a sífilis

    O uso de preservativo, diagnóstico precoce e tratamento imediato são fundamentais para combate à sífilis. Para sensibilizar e qualificar os profissionais no controle da doença, o Ministério da Saúde disponibilizou novos cursos no Ambiente Virtual de Aprendizagem do SUS (AVASUS). Os cursos integram a estratégia de enfrentamento Sífilis Não, e foram desenvolvidos em parceria com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).

    Através de minissérie e podcasts, o curso A Dor nos Tempos da Sífilis aborda a história e o impacto da doença, primeira infecção sexualmente transmissível de proporções pandêmicas. A origem da sífilis é incerta, mas a infecção se espalhou pela Europa no final do século XV, no período das grandes navegações. Com a descoberta da penicilina, quase 500 anos depois, a doença tornou-se curável, mas continua presente. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que são registrados mais de 7 milhões de novos casos anuais da doença no mundo.

    O curso Projeto Terapêutico Singular (PTS): estratégia para eliminação da sífilis congênita com os conceitos essenciais para a condução de casos complexos em gestantes, como estratégia para a eliminação de sífilis congênita. Com 61 mil casos na gestação, Brasil quer erradicar a transmissão vertical da doença, associada a abortamento, óbitos neonatais, sequelas ósseas, neurológicas e cegueira no recém-nascido.

    A penicilina benzatina, único medicamento comprovadamente capaz de atravessar a barreira placentária e prevenir a sífilis congênita, deve ser aplicada prontamente, na própria Unidade Básica de Saúde, e pode ser prescrita pelo enfermeiro, conforme protocolo.

    Enfermagem no combate à sífilis

    “O Cofen é parceiro do Ministério da Saúde no enfrentamento da sífilis, com detecção e tratamento na Atenção Básica. O enfermeiro está apto a iniciar o tratamento na UBS, mediante detecção em teste rápido. O encaminhamento para unidades de referência distantes representa uma barreira de acessibilidade, dificultando o tratamento, que, nos casos das gestantes, é de máxima urgência”, afirma o conselheiro federal Vencelau Pantoja.

    Os testes rápidos para detecção da sífilis já estão disponíveis no SUS, e precisam ser acompanhados da ampliação do tratamento, que já alcança 89,9% das gestantes diagnosticadas (Sinan/MS). O tratamento imediato da gestante e seu parceiro, reduz drasticamente o risco de transmissão. Parecer normativo do Cofen autoriza que testes rápidos sejam feitos também por profissionais de nível médio, sob supervisão de enfermeiro.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES