20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Polícia Civil: proteção a mulheres e combate a crimes

    “O ano de 2023 para a Polícia Civil do Distrito Federal [PCDF] foi de trabalho forte e incansável na construção de um DF mais seguro. Foram registradas 448.138 ocorrências no ano. Os policiais civis estão sempre prontos para atender a população nas delegacias circunscricionais e especializadas. E o cidadão também conta com a Delegacia Eletrônica para registrar com comodidade e agilidade.

    Todas as ocorrências criminais registradas no DF são apuradas com o rigor técnico que nossos profissionais detêm. Na solução dos crimes, respondemos, imediatamente, com técnicas investigativas e periciais avançadas, para trazer justiça e segurança à comunidade. Foram instaurados 42.663 inquéritos policiais, e 22.969 pessoas foram indiciadas.

    São destaques o combate ao tráfico de drogas, às organizações criminosas locais e às células de facções do RJ e de SP que tentam se estabelecer no DF. Ao todo, cumprimos 7.664 mandados de prisão no DF e em outros estados do país. Efetuamos 2.297 prisões em flagrante.

    A PCDF está empenhada no combate à violência contra as mulheres. As delegacias especiais de atendimento à mulher – Deam I e II (Asa Sul e Ceilândia) funcionam 24 horas e participam de projeto-piloto da Secretaria de Segurança Pública (SSP-DF) para a entrega do dispositivo Viva Flor, que possibilita o acionamento remoto de pedido de socorro.

    Também participamos do busca ativa, sistema de Justiça para identificar e acompanhar mulheres em situação de violência doméstica e familiar nas regiões do Núcleo Bandeirante, Candangolândia, Park Way e Vargem Bonita. O Núcleo Integrado de Atendimento à Mulher (Nuiam), com postos na Deam I, 6ª DP, 11ª DP, 29ª DP e 38ª DP, ajuda as mulheres a romperem com o ciclo de violência.

    Em 2023, recebemos duas premiações de destaque: o prêmio Índice de Transparência Ativa e Passiva (ITA) e o Prêmio Alto Nível – selo bronze. As duas premiações destacam nosso comprometimento com a transparência pública e o respeito ao contribuinte.

    Estaremos juntos em 2024 e cada vez mais fortes no compromisso da PCDF com você, cidadão brasiliense!”

    *José Werick de Carvalho, delegado-geral da PCDF



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES