20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Últimos dias para o recadastramento na lista de espera por vaga em creche

    Está chegando ao fim o prazo para pais e responsáveis realizarem o recadastramento de crianças já inscritas na lista de espera por uma vaga em creche pública. Os interessados devem procurar, até o dia 16 de novembro, a Coordenação Regional de Ensino (CRE) de interesse para apresentar a documentação necessária.

    O recadastramento é importante para a atualização das informações dos inscritos, além de garantir que os critérios de seleção do novo Manual das Creches sejam atendidos. Recentemente, a Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEE-DF) anunciou mudanças no sistema de pontuação para classificação das crianças na fila.

    “Com a revalidação dos critérios, a pontuação das crianças da lista de espera foi totalmente zerada. Por esse motivo, precisamos pontuar novamente, com base no novo manual. Caso o pai ou responsável não faça essa revalidação, há o risco de a criança não ter a mesma chance que teria de conseguir uma vaga”

    Evilene Spagna, diretora de Planejamento e Acompanhamento da Oferta Educacional da SEE-DF

    “Com a revalidação dos critérios, a pontuação das crianças da lista de espera foi totalmente zerada. Por esse motivo, precisamos pontuar novamente, com base no novo manual. Caso o pai ou responsável não faça essa revalidação, há o risco de a criança não ter a mesma chance que teria de conseguir uma vaga”, explica a diretora de Planejamento e Acompanhamento da Oferta Educacional da SEE-DF, Evilene Spagna.

    O procedimento é recomendado apenas aos pais e responsáveis de crianças já inscritas na lista de espera por uma vaga. Para o estudante já matriculado, não é necessário realizar o recadastramento. Aqueles que ainda buscam por uma vaga, mas não fizeram a pré-inscrição, precisam primeiro acionar o número 156 e seguir as orientações.

    Cada Coordenação Regional de Ensino do DF adota um cronograma próprio. Por esse motivo, a Agência Brasília detalha como está funcionando o recadastramento nas regiões administrativas que ainda realizam o procedimento.

    Confira:

    No Paranoá, quem deseja prosseguir com o recadastramento deverá agendar o atendimento. A CRE entrará em contato por e-mail, WhatsApp ou telefone do pai ou responsável para marcar uma data de entrega dos documentos, seguindo a ordem alfabética. Dúvidas e mais informações por meio do contato (61) 3901-7549.

    Na CRE do Gama, o atendimento ocorre por ordem de chegada, enquanto no Guará há distribuição de senhas às 8h e às 14h. Para mais informações, os telefones de contato são: (61) 3901-8092 (Gama) e (61) 9 8187-5823 (Guará).

    A CRE do Núcleo Bandeirante também adota o sistema de distribuição de senhas. No entanto, o cronograma seguirá de acordo com o setor escolhido pelo pai ou responsável no momento da inscrição. Em caso de dúvidas, o interessado deve acionar o número (61) 3797-3607.

    O mesmo procedimento se repete na CRE de Planaltina, com retirada de senhas às 8h e às 13h. Nesta etapa, a unidade educacional está matriculando apenas estudantes das fases do berçário I e II – as inscrições para o maternal I e II encerraram no dia 27 de outubro.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES