20.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 22, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Dengue: adolescentes de 12 a 14 anos já podem se vacinar no DF

    O Governo do Distrito Federal (GDF) ampliou a vacinação contra a dengue para a faixa etária de 12 a 14 anos. O público pode procurar uma das unidades básicas de saúde (UBSs) a partir das 14h desta terça-feira (5). São 81 salas de vacinação com equipes preparadas para receber crianças e adolescentes, e vale lembrar que a faixa de 10 e 11 anos também continuam a ser atendidas.

    “Nosso objetivo é aplicar todas as vacinas enviadas pelo Ministério da Saúde. Fazemos um monitoramento diário do número de crianças atendidas e decidimos fazer essa ampliação para atingir mais rapidamente a cobertura na população geral do DF”, afirma a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio.

    O Distrito Federal recebeu, em 8 de fevereiro, 71.708 mil vacinas desde o início da vacinação. Até o momento, foram aplicadas somente cerca de 33% das doses, ou seja, 25.310 vacinas. As demais doses que estão sobrando vencem em 30 de abril, o que tem feito o governo reforçar a necessidade dos familiares e responsáveis levarem os filhos para receber o imunizante.

    Por enquanto, não há previsão para envio de novas doses de vacinas contra a dengue e, por esse motivo, o público-alvo da campanha ficará restrito no momento às crianças e adolescentes de 10 a 14 anos.

    A gerente da Rede de Frio Central da SES-DF, Tereza Luiza Pereira, destaca a velocidade do esforço logístico e as diversas estratégias para ampliar a cobertura. “Já temos as salas de vacina abastecidas e a secretaria promove diversas ações extramuros, inclusive nos finais de semana”, diz.

    Orientações

    Pais ou responsáveis devem comparecer com documento de identificação da criança ou adolescente e a caderneta de vacinação. Caso a pessoa tenha sido diagnosticada com dengue, é necessário aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal.

    Todas que tomarem a primeira dose devem retornar a um local de vacinação 90 dias depois para receber a segunda dose. Se houver contaminação por dengue após a primeira dose, deve-se manter a data prevista para a segunda dose, desde que haja um intervalo de 30 dias entre a infecção e a segunda dose.

    A vacinação contra a dengue não é indicada para pessoas com imunodeficiência congênita ou adquirida, incluindo aqueles em terapias imunossupressoras, com infecção por HIV sintomática ou com evidência de função imunológica comprometida, e pessoas com hipersensibilidade às substâncias listadas na bula. Também estão vedadas gestantes e mulheres em fase de amamentação.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES