Qual é a frase mais repetida nos últimos meses?

Bonfinópolis de Minas e São Tiago estão entre as cidades sem Covid-19

448
Prefeitura
Prefeitura

Acertou quem disse: Fique em casa!

No início, a ideia de ficar em casa parece agradável. Nossa! Agora eu vou poder descansar, cuidar da casa, ler aquele livro que quero tanto, assistir aquela série, aquele filme. Vou poder passar mais tempo com meus filhos, meu marido ou esposa. Mas, não. Em pouco tempo, as pessoas percebem que estão aprisionadas. E isso não agrada a ninguém. É nesse momento que é preciso força e criatividade para não morrer de tédio e ainda conseguir disposição para fazer atividades físicas em casa e algo útil, como fazer um curso online ou aproveitar para descobrir novos cantores para a playlist. Ou ainda, aproveitar a onda de bons vídeos no Youtube. Isso mesmo. Com a pandemia, muitos profissionais de alto nível passaram a divulgar os seus trabalhos lá. Seja na área da saúde, política, educação, culinária ou atividades físicas. 

Fim de Semana

Nos fins de semana, ficar enclausurado é ainda mais desafiador. O churrasco na casa dos amigos, as festas, o passeio no parque, na praça, no shopping, a piscina do clube, aquela praia, o futebol com os amigos. Parece absurdo, mas tudo isso e muito mais faz parte do passado. Pelo menos por enquanto. A população está “de molho”. A impressão que dá é a de que a rotina nunca mais será a mesma. Sem dúvida a humanidade não será a mesma. Pelo menos boa parte dela. É que tem corações insensíveis ao ponto de não serem transformados nem por uma pandemia. Oremos! 

Praça
Praça Antônio Mário de Oliveira Pombo em Bonfinópolis de Minas 

Crônica da Política

Um dos jornalistas de mais destaque no rádio brasileiro Romoaldo de Souza trouxe em sua crônica de fim de semana, no Rádio Jornal de Pernambuco, algumas músicas, que são verdadeiras melôs dos bastidores políticos da crise instalada pelo novo coronavírus. Ouça aqui   e divirta-se!

Mais realidade

Cientistas calculam pelo menos mais um mês de isolamento social para que o impacto coronavírus seja menos agressivo no Brasil em relação ao estrago causado em outros países como China, Itália Espanha e Estados Unidos. Alguns municípios brasileiros ainda estão livres da contaminação, o que faz com que os cuidados sejam redobrados para que nenhum caso seja registrado. Bonfinópolis de Minas e São Tiago estão entre as cidades sem Covid-19.

Política, e não politicagem

Cada vez mais a população se conscientiza de que a postura do presidente Jair Bolsonaro, diante da pandemia é equivocada e que prevenir é melhor do que remediar. Está claro que, as autoridades governamentais terão de trabalhar como nunca fizeram para recuperar a economia do país. Esse será um ótimo exercício para que os políticos mostrem ao que realmente vieram. Também é uma ótima oportunidade para que os serviços prestados sejam reconhecidos e para que os eleitores valorizem muito mais o seu voto. Os parlamentares e gestores públicos estão em evidência e se quiserem ser lembrados nas eleições, terão de mostrar serviço, diante da pior crise do país nas últimas décadas. Arregaçar as mangas, agora, e não participar de qualquer tipo de esquema de corrupção, não é mais uma questão de escolha.

Pesquisa
Pesquisa Datafolha

Fique em casa!

O Ministério da Saúde atualizou a situação da pandemia, no boletim epidemiológico diário, deste sábado (04/04).  Segundo as informações, a transmissão do coronavírus está saindo do primeiro estágio – de transmissão localizada – para a fase de “aceleração descontrolada”. Esse dado reforça a necessidade do isolamento social para impedir a proliferação do vírus.

Mais do que isso, o ministério ressalta que o isolamento é importante para que o Sistema de saúde ganhe tempo para se armar com equipamentos de proteção individual (EPIs), leitos, respiradores e outras medidas para “evitar o colapso” nas unidades de saúde, caso a situação piore.

Números

De acordo com os dados divulgados neste sábado, foram registrados 359 óbitos e um total de 9.056 casos confirmados da doença no Brasil. No mundo, os números são bem mais expressivos: 972.640 casos confirmados e 50.325 mortes.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorCaixa lançará na terça aplicativo para cadastro em renda emergencial
Próximo artigoAgência Brasil explica: saiba como cadastrar e usar a CNH digital
Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.