20.5 C
Brasília
sexta-feira, abril 19, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Bonfinópolis de Minas fica em 7º lugar no ranking do ICMS do Patrimônio Cultural da região Noroeste

    O Instituto Estadual de Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha) divulgou recentemente a tabela de pontuação definitiva do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do Patrimônio Cultural. Bonfinópolis de Minas ficou em 7º lugar no ranking dos municípios que compõem a região Noroeste (13,34 pontos), posição à frente de João Pinheiro, município maior e mais populoso, que aparece em décimo lugar, com (11,87) pontos. São Romão (14,25), Santa Fé de Minas (14,14), Chapada Gaúcha (12,05) e Riachinho (12,00), também tiveram pontuação superior.

    Paracatu conquistou o primeiro lugar com 25,75 pontos, seguido de Urucuia com 17,20 pontos. O 3° lugar é de Guarda-Mor com 16,63 pontos. Com 14,95 pontos, o município de Vazante cresceu e melhorou a pontuação em relação ao exercício anterior (10,57 pontos), alcançando o 4° lugar no ranking.

    A classificação é relativa ao ano de 2021, usada como base para repasses de recursos financeiros do ICMS Cultural em 2023.

    O programa ICMS Patrimônio Cultural instituído em Minas Gerais beneficia os municípios que mais investem na proteção do patrimônio cultural. Com maior número de bens culturais protegidos, maior a responsabilidade do município e mais recursos são necessários para a preservação desse patrimônio.

    Tabela

     

    SourceJP Agora
    Ana Paula Oliveira
    Ana Paula Oliveirahttp://www.diariodebonfinopolis.com.br
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.

    Related Articles

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Stay Connected

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir
    0InscritosInscrever
    - Advertisement -spot_img

    Latest Articles