Jovens de Bonfinópolis poderão escolher entre três cursos na área da saúde pelo Programa Trilhas de Futuro

As inscrições para a segunda edição do programa do governo do estado começam na próxima quinta-feira (7/4) e serão encerradas em 25 de abril

776
trilha de futuro 1
Divulgação: Prefeitura Municipal de Bonfinópolis de Minas
Publicidade

O Governo de Minas, por meio do programa Trilhas de Futuro, oferece formação profissional gratuita para centenas de jovens. Os interessados em se profissionalizar para buscar uma vaga no mercado de trabalho podem se inscrever na próxima quinta-feira (7/4). O prazo será encerrado em duas semanas, em 25 de abril.

Nesta segunda edição do Trilhas de Futuro, o governo fornecerá ajuda de custo para transporte e alimentação dos alunos, no valor de R$18 ao dia. Podem se inscrever estudantes do Ensino Médio e jovens que já concluíram essa etapa de ensino, em instituições públicas e privadas de várias regiões de Minas Gerais.

Um catálogo com as opções de escolas e cursos disponíveis foi disponibilizado no site do programa e poderá ser acessado a partir desta quarta-feira (6/4). A previsão de início das aulas é 25 de julho.

Bonfinópolis de Minas

Por meio do programa, a UNITEC Patos de Minas em parceria com a Secretaria Municipal de Educação traz para Bonfinópolis de Minas os cursos técnicos em:

* Enfermagem;
* Radiologia e
* Agropecuária

Confira o edital do programa

Resolução See Nº 4.719, De 18 de Março de 2022. by Ana Paula Oliveira on Scribd

Programa prevê 116 cursos em 97 cidades

Nesta edição, o Trilhas de Futuro oferecerá 40 mil novas vagas que serão priorizadas aos alunos da rede pública estadual, seguida das demais redes públicas e da rede privada. Serão priorizados cursos e localidades com maior perspectiva de emprego para os jovens, considerando histórico de empregos de cada área na região e fatores demográficos de cada um dos municípios mineiros.

A primeira edição do Trilhas de Futuro, lançada no ano passado, ofertou 75 mil vagas em 110 municípios mineiros, com mais de 50 opções de cursos técnicos em um investimento governamental de R$ 1 bilhão. As primeiras turmas iniciaram as atividades em 25/10/2021.