20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Centro Integrado de Educação Física oferece vagas para quatro modalidades

    Segundas, quartas e sextas são dias especiais para Pedro Henrique de Oliveira, 18 anos, um dos estudantes atendidos pelo Centro Integrado de Educação Física (Cief), da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEEDF). “É quando treino futsal, então já acordo feliz”, conta. “Aqui é um dos meus lugares preferidos. Tem tudo o que precisamos. Aprendi todos os fundamentos do futsal e me dedico muito, porque meu sonho é ser atleta profissional”, completa.

    Novos talentos são admitidos pelo Centro Integrado de Educação Física (Cief) em qualquer período do ano | Fotos: Paulo H.Carvalho/Agência Brasília

    Localizado na 907 Sul, o Cief é uma unidade escolar de natureza especial que oferta atividades desportivas a crianças e adolescentes de 11 a 17 anos, que estão matriculados na rede pública ou privada de ensino. O estudante que completa 18 anos de idade durante o ano letivo pode permanecer no atendimento até o final do ano corrente. Atualmente, são atendidos 600 alunos em aulas de vôlei, basquete e futsal.

    Novos talentos são admitidos em qualquer período do ano. Basta que o aluno, junto aos pais ou responsável, vá à secretaria do Cief para efetivar a matrícula, portando os documentos necessários e escolha até dois esportes de interesse. Estão abertas vagas para vôlei, handebol, atletismo e basquete, mas outras modalidades podem ser disponibilizadas conforme a demanda do público. A formação de turmas ocorre por critério de idade, categoria (masculino, feminino ou mista), horário e modalidades, com mínimo de dez estudantes e máximo de 25 alunos.

    “Ao longo do ano podemos abrir mais turmas se houver procura por outras modalidades”, diz o diretor Guilherme Rohlfs de Lima

    “Ao vir fazer a matrícula, os alunos podem falar quais esportes gostariam de praticar aqui, já que monitoramos a demanda para abrir novas turmas”, conta o diretor do Cief, Guilherme Rohlfs de Lima. “Ao longo do ano podemos abrir mais turmas se houver procura por outras modalidades. O estudante, na hora da matrícula, pode demonstrar interesse e entrar na lista de espera”.

    Os estudantes iniciam as modalidades em turmas de nível iniciante, podendo ser reclassificados para outras de nível intermediário e avançado a partir da avaliação do professor a qualquer tempo, independente da faixa etária. Em caso de faltas consecutivas ou alternadas superior a 25% do total de dias letivos anuais, o estudante é desligado da modalidade por abandono. A vaga é destinada ao cadastro reserva.

    Incentivo ao desporto

    O Cief funciona nos turnos matutino e vespertino, nos horários de 7h15 às 12h15 e de 13h30 às 18h30. A duração da aula simples será de 50 minutos e a aula dupla será de 1 hora e 40 minutos. As aulas são organizadas em três ou duas vezes semanais, às segundas, quartas e sexta-feiras ou às terças e quintas-feiras.

    “Aqui é um dos meus lugares preferidos. Aprendi todos os fundamentos do futsal e me dedico muito, porque meu sonho é ser atleta profissional”, afirma o estudante Pedro Henrique de Oliveira

    “Aqui os alunos do DF têm a oportunidade de aprender e desenvolver uma modalidade esportiva com professores capacitados da Secretaria de Educação. Por aqui já passaram vários atletas de renome nacional. O espaço permite que no contraturno o aluno tenha envolvimento com uma atividade física e consequentemente com uma qualidade de vida melhor”, defende o diretor.

    O espaço é equipado para oferecer o melhor do esporte para os estudantes, incluindo pista de atletismo com raio de 400 metros, salas de ginástica e luta, e piscina com 25 metros de comprimento. No ano passado, o ginásio esportivo foi entregue totalmente reformado, com pintura nova, cobertura da quadra poliesportiva e manutenção da parte elétrica.

    Veja os documentos que devem ser apresentados à unidade escolar, em versões original e cópia, no ato da matrícula:

    → Certidão de Nascimento ou Registro Geral (RG) do estudante;
    → CPF do estudante;
    → Duas fotografias 3×4;
    → Registro Geral e CPF do responsável legal pela matrícula do estudante;
    → Comprovante de Tipagem Sanguínea e Fator RH, nos termos da Lei Distrital nº 4.379;
    → Comprovante de matrícula na rede pública ou particular de ensino;
    → Comprovante de residência ou declaração, nos termos da Lei Distrital nº 4.225.

     



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES