20.5 C
Brasília
domingo, julho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Novo sistema permite solicitação online de laudos de perícia criminal

    Em mais uma iniciativa pioneira, a Polícia Civil do DF (PCDF), por meio da Seção de Engenharia de Software do Instituto de Criminalística (SES/IC), elaborou uma nova solução de informática, desta vez voltada para a emissão de laudos e outros documentos periciais de modo eletrônico. O sistema eLaudo chega para trazer não apenas agilidade nos serviços prestados pela PCDF, mas principalmente para facilitar a vida do cidadão. A ferramenta é inédita no país – não se tem conhecimento de nenhum recurso assemelhado em outro instituto de criminalística no Brasil, e sua elaboração não teve nenhum custo extra para a sociedade.

    Com o novo sistema, não será mais necessário solicitar presencialmente laudos e outros documentos periciais | Foto: Lúcio Bernardo Jr./Agência Brasília

    Antes do novo sistema, para pode ter acesso a um laudo pericial, por exemplo, a pessoa interessada precisava ir presencialmente ao IC, onde preenchia um formulário de solicitação. Em seguida, se dirigia ao banco para o pagamento da taxa respectiva, retornava ao IC para apresentar o comprovante e só então seu pedido era efetivado. A partir daí, aguardava cerca de 30 dias até ter o documento emitido. No entanto, o usuário tinha de ficar ligando, ou até mesmo se dirigindo novamente ao instituto, a fim de checar se seu laudo já havia sido elaborado, o que lhe ocupava o tempo e gerava mais gastos.

    Imagem: Divulgação/PCDF

    “Agora, com o sistema eLaudo, o cidadão poderá realizar todos esses procedimentos de sua casa – ou de onde estiver – tudo por meio do navegador do próprio celular”, explica o diretor da Divisão Administrativa do IC/PCDF, Gustavo Bernardes. Com uma interface simples e intuitiva, o sistema e-Laudo vem para maximizar a satisfação do cidadão com o serviço prestado pela PCDF, que é um dos objetivos estratégicos da instituição. “O site foi pensado e desenvolvido para que uma pessoa leiga, com o mínimo de conhecimento, consiga utilizá-lo. O formato de aplicativo facilita seu uso”, informa Bernardes.

    “Imagine uma pessoa que foi vítima de crime em Planaltina. Para obter um documento pericial, ela teria de vir de ônibus – cerca de 1h de viagem, gastando seus recursos -, solicitar o laudo no IC, dirigir-se ao banco, voltar ao instituto com o comprovante, retornar para casa e ficar ligando ao longo das semanas para saber quando o documento estaria pronto. Então, teria que novamente vir a Brasília para pegar o laudo. Com o sistema eLaudo, ela fará tudo de casa, de maneira prática, ágil e econômica”, esclarece o perito criminal da SES/IC Modestino André, um dos desenvolvedores do software.

    “Na medida em que entendemos que essa solução era estratégica, tanto para a PCDF quanto para a população, ela entrou no ciclo de desenvolvimento do instituto, sendo elaborada em cerca de seis meses”, afirma Modestino.

    O sistema eLaudo já está no ar e operando, e pode ser acessado neste link.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES