20.5 C
Brasília
quinta-feira, maio 23, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    BDMG reduz as taxas de financiamento para micro e pequenas empresas mineiras

    A partir desta segunda-feira (5/2), o Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) vai reduzir em 0.5 p.p as taxas dos financiamentos destinados aos micro e pequenos negócios mineiros.

    Empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões pagarão 5,35% ao ano mais a Selic, com carência de 12 meses e prazo total de 48 meses. A oferta é por tempo limitado.

    “Por serem importantes geradores de emprego e renda, responsáveis por quase 80% dos empregos com carteira assinada do país, as MPEs são fundamentais para o fortalecimento da economia mineira. O BDMG atua para apoiá-las, e faz isso oferecendo crédito com condições especiais logo no início do ano. O crédito pode ser usado para reorganizar dívidas, reformar e ampliar negócios, equilibrar fluxo de caixa”, explica o presidente do BDMG, Gabriel Viégas Neto.

    Clientes Fidelidade, negócios que desenvolvem atividades ligadas a Arranjos Produtivos Locais (APL) e empresas lideradas por mulheres, ou seja, com participação societária de 50% ou mais há pelo menos seis meses, também podem acessar o crédito reduzido.

    Crescimento

    Em 2023, a liberação de crédito para o segmento de micro e pequenas empresas aumentou 31%, alcançando quase R$ 490 milhões. No ano anterior, os desembolsos foram de pouco mais de R$ 373,5 milhões.

    De acordo com a Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), em 2023 foram abertas 85,9 mil empresas no estado de todos os portes, 10% a mais do que em 2022.
    As contratações são realizadas de forma 100% digital pelo site do bdmg.mg.gov.br. Também é possível buscar um correspondente bancário.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES