20.5 C
Brasília
sexta-feira, julho 19, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Comissão debate denúncias de violação de direitos humanos em Paracatu (MG)

    A audiência pública acontece no início desta tarde e pode ser acompanhada ao vivo pela internet 

    A Comissão de Direitos Humanos e Minorias promove hoje uma audiência pública para discutir sobre violações decorrentes das atividades de operação da empresa Kinross na mina Morro do Ouro no município de Paracatu (MG).

    De acordo com os deputados do PT mineiro Rogério Correia e Leonardo Monteiro, que solicitaram a audiência pública, há diversas as denúncias de violações de direitos humanos em consequência das atividades da mineração em Paracatu. No pedido de realização do debate, eles citam “expropriação e destruição de territórios quilombolas, criminalização dos garimpeiros artesanais, comprometimento das atividades produtivas tradicionais, impactos das explosões e ruídos sobre as condições das moradias, uso indiscriminado de água, destruição das nascentes, contaminação ambiental, riscos diversos a saúde da população, dentre tantas outras, além das denúncias sobre sonegação e renúncia fiscal.”

    Foram convidados para o debate:

    – o diretor-geral da Agência Nacional de Mineração, Victor Hugo Froner;
    – o presidente da Kinross do Brasil em Paracatu, Gilberto Azevedo;
    – a representante do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) Ana Carolina Murata Galeb;
    – o representante da Central das Associações de Bairros de Paracatu, Mauro Mundim da Costa;
    – o presidente da Subseção de Paracatu da Ordem dos Advogados do Brasil, Paulo Afonso Anacleto; entre outros.

    A audiência pública estava marcada para as 14 horas, no plenário 9. Acompanhe ao vivo.

    Fonte: Câmara dos Deputados



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES