20.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 22, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Governo de Minas abre inscrição para capacitação em protocolo contra violência sexual

    mulher
    Sedesa/Divulgação

    Estão abertas, até 24/3, inscrições para a capacitação do Protocolo Fale Agora de Enfrentamento à Violência Sexual nos espaços de comércio, serviços, turismo e lazer em Minas Gerais.

    Realizado pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG), por meio da Escola de Formação em Direitos Humanos (EFDH), a ação faz parte da Campanha Minas Pelos Direitos Delas, que celebra o Mês das Mulheres.

    A capacitação virtual foi formulada pela Subsecretaria de Política de Direitos das Mulheres e Empresa Mineira de Comunicação/Rede Minas, e é oferecida gratuitamente, por meio de aulas disponíveis na plataforma da Escola de Formação em Direitos Humanos (EFDH) da Sedese.

    A capacitação é aberta a população, com foco em profissionais que atuam nas áreas de comércio, serviços, turismo e lazer.

    Orientação

    Com previsão de início no dia 25/3, o conteúdo é dividido em quatro módulos com os seguintes temas: Conceitos Legais Básicos, Prevenção, Acolhimento e Procedimentos Operacionais Padrão.

    Em caso de ocorrência de algum crime, os profissionais e os estabelecimentos estarão instruídos de quais autoridades e instituições buscar, como hospitais e delegacias prontos para receber vítimas de violência sexual.

    Soraya Romina, subsecretária de Política dos Direitos das Mulheres da Sedese, também convida a população para participar da capacitação do Fale Agora.

    “Este Protocolo lançado pelo Governo de Minas é voltado para toda a sociedade. Participem e apliquem a metodologia nas suas diferentes áreas de atuação como comércio e serviços em geral, bares, restaurantes e casas noturnas. O Fale Agora é uma agenda muito importante de enfrentamento à violência sexual contra as mulheres mineiras”, reforça Soraya.

    Protocolo

    Lançado pelo Governo de Minas em agosto de 2023, o Fale Agora foi estruturado em três frentes: prevenção contra possíveis agressores para mudar hábitos machistas e misóginos que levam ao assédio, à importunação sexual e aos estupros contra mulheres; acolhimento humanizado, de forma respeitosa às vítimas de todas as configurações de violência sexual; orientação da vítima, em ambiente privativo, onde será informada sobre a rede de atendimento, das áreas de saúde, justiça e segurança pública, para possível direcionamento, conforme vontade da pessoa agredida.

    Desenvolvido para ser aplicado em comércios e serviços, bares, restaurantes, casas noturnas, shows e outras opções de entretenimento, o Fale Agora foi também adaptado para ser utilizado por blocos de Carnaval de Belo Horizonte e do interior do estado, com objetivo de acolher adequadamente possíveis vítimas no contexto dessas festividades, especialmente em locais públicos, como ruas e praças.

    O Protocolo Fale Agora e as orientações para a adesão estão disponíveis no link https://social.mg.gov.br/a-sedese/fale-agora.

    Para que estabelecimentos comerciais possam exibir o selo Fale Agora é preciso aderir ao protocolo.

    Independentemente da adesão de estabelecimentos de comércio, serviços, lazer e turismo em que trabalham, os colaboradores desse ramo podem se inscrever na capacitação.
    Minas pelos Direitos Delas

    A Campanha Minas pelos Direitos Delas segue até o dia 31/3 com ações que envolvem valorização, sensibilização, informação e cuidado com as mulheres mineiras.

    Serviço

    Capacitação sobre o Protocolo Fale Agora de Enfrentamento à Violência Sexual nos espaços de lazer e turismo em Minas Gerais

    Período de inscrição: 8 a 24/3

    Curso disponibilizado a partir de: 25/3

    Carga-horária: 1 hora

    Link de Inscrição: https://serdh.mg.gov.br/inscricao



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES