20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    TJDFT lança curso sobre violência doméstica na UnB

    Na manhã desta sexta-feira, a Juíza Fabriziane Zapata, Coordenadora do Núcleo Judiciário da Mulher do TJDFT (NJM) e titular do Juizado de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher do Riacho Fundo participou do lançamento do curso Maria da Penha vai à Universidade. O evento foi realizado no ICC Sul, na Universidade de Brasília (UnB).

    Participaram da mesa de debates Márcia Abrahão Moura, Reitora da UnB; Olgamir Amancio, Decana professora da Universidade; Adalgiza Maria de Medeiros, Promotora do MPDFT; Bruna Feitosa, Decana de gestão de pessoas da UnB; e Luciana Santos, Ministra de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação. A moderação foi feita pela professora Deborah Silva Santos, Secretária de Direitos Humanos da UnB.

    O curso foi idealizado pelo NJM, em parceria com a UnB, e foi dividido em cinco módulos. Segundo a Supervisora do NJM, Renata Bevilacqua, a ideia é trazer reflexões e sensibilizar os estudantes em aspectos relacionados a gênero, raça e interseccionalidades com a violência doméstica. “O curso foi escrito a várias mãos e conta com a participação de professoras e servidoras da Universidade de Brasília, do MPDFT, da Defensoria Pública do DF; e das magistradas Coordenadoras do NJM, Juízas Gislaine Carneiro e Luciana Rocha, e das servidoras do Núcleo Denise Chaves, Márcia Borba Lins e Cristiane Matos.

    O Maria da Penha Vai à Universidade é um curso que deriva do projeto Maria da Penha Vai à Escola, iniciativa amplamente difundida pelas escolas públicas do Distrito Federal e exportada para alguns estados do país. A atividade será disponibilidade em ambiente virtual, num total de 50 horas aula. Inicialmente serão ofertadas 35 vagas para o curso de 22 de abril a 27 de maio.

    SourceTJDFT


    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES