20.5 C
Brasília
domingo, julho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Minas prorroga campanha de vacinação contra a poliomielite até o fim de junho

    A campanha de vacinação contra a poliomielite está sendo prorrogada em Minas Gerais por mais duas semanas, até o dia 30/6, com o objetivo de atingir a meta de imunizar 95% do público alvo, que são 826.581 crianças menores de 5 anos no estado. A imunização é a única forma de prevenir a doença que pode causar a paralisia infantil.

    As crianças menores de 1 ano de idade deverão ser imunizadas conforme a situação vacinal encontrada para o esquema primário, com três doses da vacina inativada poliomielite (VIP), administrada via intramuscular, e as crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias deverão receber a vacina oral poliomielite (VOP), desde que já tenham recebido o esquema primário com VIP.

    A vacina contra a poliomielite está disponível nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e os adultos devem levar as crianças com o cartão de vacinação.

    “Vamos prorrogar em todo o estado e orientamos aos municípios que estendam os horários de vacinação, que realizem ações extramuros em praças, escolas e outros locais públicos, para que todos os pais e responsáveis possam levar seus filhos”, reforça Eduardo Prosdocimi, subsecretário de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG).

    Ele alerta para a importância da vacinação contra a doença. “A vacina é segura e a única forma de prevenção contra a poliomielite. Há mais de 30 anos não temos casos da doença e isso só foi possível com a vacinação”, destaca. “Não podemos correr o risco de expor nossas crianças a esse vírus novamente”, adverte.

    O último caso de poliomielite no Brasil foi em 1989, e o país foi certificado livre do poliovírus selvagem em 1994. Mas, em 2023, foi classificado como de alto risco para reintrodução do vírus e, por isso, a vacinação é crucial.

    Cobertura vacinal acumulada

    A vacina contra a poliomielite faz parte do calendário de rotina do Programa Nacional de Imunização (PNI), é gratuita e está disponível durante o ano todo.

    Em Minas Gerais, a cobertura vacinal acumulada contra a poliomielite está abaixo da meta preconizada pelo Ministério da Saúde, que é de, no mínimo, 95% do público alvo.

    Segundo dados do órgão federal, a cobertura desse imunizante no estado, em 2023, foi de 87,88% em menores de um ano, e de 81,58% em crianças com um ano de idade. Já em 2024, no período de janeiro a março, foi de 88,39%, em crianças menores de um ano de idade, e de 81,97%, em crianças com um ano de idade.

    Poliomielite

    A poliomielite, conhecida como paralisia infantil, é uma doença altamente infecciosa, causada pelo poliovírus, que invade o sistema nervoso e pode causar paralisia total em questão de horas.

    O vírus é transmitido de pessoa para pessoa, principalmente por meio da via fecal-oral ou, menos frequentemente, por um veículo comum (por exemplo, água ou alimentos contaminados) e se multiplica no intestino. Para mais informações, clique aqui.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES