20.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 22, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Prazo de aplicação dos questionários do Projeto Socioemocional é estendido até o dia 27/3

    A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) estendeu o prazo para que as escolas da rede estadual respondam aos questionários de clima escolar e socioemocional do Projeto Socioemocional. Agora, as unidades escolares têm até quarta-feira (27/3) para concluir a aplicação. Os questionários em andamento são cruciais para a estruturação das ações do Projeto, que serão implementadas posteriormente nas escolas estaduais.

    “É vital a participação de todos os estudantes, servidores e gestores envolvidos, para obtermos dados relevantes. Essas informações são essenciais para analisar as ações estratégicas que serão implementadas no projeto, atendendo às expectativas da escola e dos estudantes, fornecendo informações, atividades, palestras e diversas outras ações planejadas”, reforça a subsecretária de Desenvolvimento da Educação Básica da SEE/MG, Kellen Senra.

    Com essa iniciativa, a SEE/MG espera ouvir cerca de 400 mil estudantes e aproximadamente 20 mil servidores. O quantitativo de professores e estudantes representa 80% do escopo da pesquisa.

    Questionário de Clima Escolar

    Este questionário tem como objetivo coletar dados e evidências sobre o ambiente escolar, identificando pontos de maior vulnerabilidade. As respostas são individuais e anônimas, e todas as informações serão tratadas de forma confidencial.

    Existem três modelos de questionário de clima escolar: o primeiro, direcionado aos gestores escolares, é obrigatório. Este inclui tópicos específicos desenvolvidos em conjunto com a Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG), parceira da SEE/MG, abordando aspectos relacionados à segurança e prevenção de crimes.

    O segundo, para professores de disciplinas específicas, como educação física, história, ciências ou biologia, matemática ou língua portuguesa. E o último, focado nos estudantes do 7º ano do ensino fundamental e do 2º e 3º anos do ensino médio, com a participação sendo facultativa.

    É importante ressaltar que a colaboração de todos é fundamental para melhorar as condições de trabalho e aprendizagem nas escolas da rede.

    Questionário Socioemocional

    Destinado aos estudantes do 6º e 8º anos do ensino fundamental e do 2º ano do ensino médio das escolas públicas estaduais, o questionário é composto por 120 questões. Ele busca identificar e analisar as características socioemocionais dos indivíduos, incluindo emoções, atitudes, valores e habilidades sociais.

    As respostas coletadas serão essenciais para orientar intervenções pedagógicas no âmbito do Projeto Socioemocional e avaliar sua eficácia.

    Etapas do Projeto Socioemocional

    Após a coleta de dados, a SEE/MG realizará uma análise profunda para direcionar as ações do Projeto. Propostas de formação e outras atividades pedagógicas serão elaboradas, concentrando-se no desenvolvimento de competências socioemocionais, como autogestão, autocuidado, empatia, cooperação e autonomia.

    Uma etapa subsequente envolve a formação da equipe pedagógica, que acompanhará a implementação de ações voltadas para a melhoria do clima escolar e do convívio entre os estudantes.

    Sobre o Projeto Socioemocional

    Lançado neste ano, o projeto é uma iniciativa da SEE/MG, proposta pela Subsecretaria de Desenvolvimento da Educação Básica. Seu objetivo é promover ações de ensino-aprendizagem focadas na melhoria do convívio entre estudantes, reduzindo situações como bullying e violência escolar, incentivando o diálogo, o respeito, a empatia, a inclusão e a amizade, contribuindo significativamente para aprimorar o clima escolar.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES