20.5 C
Brasília
sexta-feira, junho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Prorrogado para 21/6 o prazo para matrículas do Trilhas de Futuro Educadores

    Servidores da educação que foram contemplados com uma vaga para um dos cursos gratuitos de especialização lato sensu oferecidos no projeto Trilhas de Futuro Educadores terão alguns dias a mais para realizar a matrícula. O período para o envio da documentação efetivação da matrícula foi prorrogado até a próxima terça-feira (21/6). O resultado das alocações dos servidores segue disponível no site www.trilhaseducadores.mg.gov.br.

    O servidor deverá imprimir os documentos necessários e levar até a sua chefia imediata para assinar. Os documentos obrigatórios estão no manual do servidor que pode ser acessado neste link.

    Todas as informações referentes à forma de como efetivar matrícula em cada instituição de ensino constam no catálogo de instituições, disponível na página oficial do Trilhas Educadores. Após o período de matrícula o servidor receberá um e-mail de confirmação.

    Este projeto é a maior iniciativa de formação continuada realizada pela Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais (SEE/MG) e foi criado para fortalecer a qualificação dos educadores estaduais, promover a valorização da carreira profissional e aprimorar a qualidade do ensino público nas escolas da rede. Foram recebidas cerca de 42 mil inscrições. As formações são para diferentes áreas voltadas para profissionais da Educação efetivos e estáveis das carreiras da SEE, tanto para professores e especialistas de educação básica, quanto para os servidores técnico-administrativos que atuam nas escolas estaduais, nas regionais e na unidade central.

    O início das aulas das especializações e MBAs está previsto para 8/8.

    Mestrado e doutorado

    Vale ressaltar que o período de matrículas para os cursos de mestrado e doutorado pelo Trilhas Educadores seguirá os cronogramas próprios estabelecidos pelas instituições de ensino superior, que também possuem critérios próprios de seleção. A inscrição já realizada é a primeira etapa do processo seletivo para as candidaturas pleiteadas nos cursos de pós-graduação stricto sensu. Cada servidor deverá participar do processo seletivo da respectiva instituição de ensino a qual se candidatou. Os editais com as normas dos processos seletivos estão disponíveis no site do projeto na aba “Mestrado/Doutorado”. É importante verificar os prazos de inscrição nas instituições, os documentos e etapas exigidas para sua participação no processo. A inscrição no sistema não gera garantia de vaga, devendo o candidato ser aprovado no processo seletivo da instituição.

    Ao longo do ano, o projeto vai oferecer 40 mil vagas de forma gratuita para os servidores da Educação nos cursos pós-graduação lato sensu (especialização e MBA na modalidade EAD) e stricto sensu (mestrado e doutorado), em instituições de ensino superior de todo o país credenciadas pela SEE/MG.

    Nova oportunidade

    Os servidores da educação interessados em cursar uma pós-graduação gratuita, mas que ainda não foram selecionados ou perderam o prazo de inscrição terão nova oportunidade de conquistar uma vaga por meio do Trilhas de Futuro Educadores. Após a etapa de matrículas dos candidatos selecionados, será divulgada uma nova lista de realocação daqueles que se inscreveram no processo, mas não haviam sido selecionados. O prazo para a matrícula de realocação será entre 29/6 e 05/7.

    Já no período de 11/7 a 18/7 serão disponibilizadas as vagas residuais de especialização e MBA, que são aquelas que ainda não foram preenchidas. Nessa etapa, todos os interessados e que ainda não estão matriculados em uma formação, mesmo aqueles que não se inscreveram na primeira fase, poderão participar, desde que sejam servidores efetivos e estáveis das carreiras da educação previstas no edital do projeto, que atuam nas escolas estaduais, nas Superintendências Regionais Ensino (SRE) e na unidade central.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES