20.5 C
Brasília
sexta-feira, junho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Urucuia recebe reforço Estadual para intensificar ações contra a Dengue

    Com 166 casos confirmados por dengue até o dia 17/5, o município de Urucuia, no Norte de Minas, apresentou elevado índice de notificações, o que levou à intensificação do monitoramento e de ações de prevenção em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG), por intermédio da Gerência Regional de Saúde (GRS) de Januária, no combate ao mosquito Aedes aegypti.

    No dia 23/5, uma equipe da Força Estadual da SES-MG, composta por 15 agentes, inicia as visitas domiciliares para tratamento focal, conscientização e mobilização da população no controle e redução do vetor, além de remoção de possíveis criadouros, e demais estratégias de acordo com as características do local.

    A Força Estadual atua em quatro eixos: controle vetorial, assistência à saúde, vigilância epidemiológica, comunicação e mobilização. A equipe de campo ficará na cidade até o dia 3/6. A GRS de Januária realiza o monitoramento das notificações dos casos de dengue, zika e chikungunya nos 25 municípios de sua abrangência, devido ao período sazonal da proliferação do mosquito Aedes Aegypti.

    Ações de prevenção

    Desde 16/5, após liberação pela SES-MG, o veículo de Ultra Baixo Volume (UBV), está sendo utilizado no município, tendo em vista que as notificações registradas alcançaram o patamar de incidência acima de 300, o que preconiza a utilização do equipamento. O objetivo da ação é o bloqueio de transmissão do vetor da doença, sendo que neste momento o fumacê irá visitar todos os bairros de Urucuia, cumprindo três ciclos de aplicação.

    O secretário municipal de Saúde, Rutilio Eugênio Neto, frisa que a prefeitura está disponibilizando todos os insumos necessários ,conforme cronograma para auxiliar na limpeza de quintais.

    “Esse pacote de ações é de suma importância para prevenção e correção a fim de garantir que Urucuia ficará livre da dengue e outras doenças, proporcionando assim mais condições de saúde e qualidade de vida da população”, diz. Ele ressalta que além dos trabalhos que já vinham sendo realizados, como o bloqueio, feito pelos agentes de endemias, a borrifação pelo carro fumacê, inicia na próxima semana a ação da força tarefa Estadual. Além disso, foi firmada parceria com as outras secretarias para intensificar os trabalhos de educação, promoção e prevenção à saúde dentro do município. “Todos estão empenhados em combater a dengue dentro de Urucuia”, conclui.

    A referência técnica de Arboviroses da GRS Januária, Marcus Orestes, ressalta que o trabalho de combate às arboviroses vem sendo realizado no município desde o início do ano, com capacitações dos agentes de endemias por meio de tratamento focal, pesquisa do LIRA/LIA, visitas quinzenais nos pontos estratégicos (PE), capacitação de uso do inseticida com UBV portátil. Segundo a referência, “o trabalho realizado não foi capaz de conter a proliferação do mosquito, necessitando neste momento da Força Estadual para o controle da transmissão das doenças”.

    Papel da população

    Além disso, o apoio da população é considerado muito importante e pode ocorrer com pequenas atitudes, como: tampar os tonéis e caixas-d’água; manter as calhas sempre limpas; deixar garrafas sempre viradas com a boca para baixo; manter lixeiras bem tampadas; deixar ralos limpos e com aplicação de tela; limpar semanalmente ou preencher pratos de vasos de plantas com areia; limpar com escova ou bucha os potes de água para animais; retirar água acumulada na área de serviço, atrás da máquina de lavar roupa.

    Doença

    A dengue é uma doença que pode levar a óbito rapidamente. Portanto, caso ocorra febre de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e articulações, prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos, e manchas vermelhas na pele, deve-se procurar uma unidade de saúde.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES