20.5 C
Brasília
sexta-feira, abril 19, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Visitas ao Congresso serão diárias até o dia 31 e não precisam de agendamento

    Ainda está em tempo de aproveitar as férias e levar as crianças para fazer um dos passeios mais importantes em Brasília

    O programa de visitação ao Congresso Nacional funcionará todos os dias até 31 de julho, período em que não haverá votações no Senado e na Câmara dos Deputados. Segundo Tadeu Sposito, coordenador da Visitação Institucional do Senado, a visita é um dos passeios mais importantes para se fazer em Brasília.

    — Com essa ampliação de dias de funcionamento da visitação, a gente consegue atender mais gente justamente nesse período de férias escolares e para quem visitar Brasília.

    As visitas, com uma hora de duração, são gratuitas e podem ser feitas das 9h às 17h30, com saídas de grupos a cada 30 minutos. O tour compreende os Plenários da Câmara dos Deputados e do Senado Federal, os Salões Verde e Azul, o Túnel do Tempo do Senado e o Salão Nobre da Câmara dos Deputados. Durante o passeio, os visitantes recebem informações sobre o funcionamento do Poder Legislativo, do Estado brasileiro e da história, arquitetura e obras do edifício do Congresso.

    ​Até 31 de julho, não é necessário agendar a visita, nem mesmo para grupos com mais de 15 pessoas ou de pessoas com necessidades especiais. As visitas guiadas em língua estrangeira e em Linguagem Brasileira de Sinais (Libras, para deficientes auditivos) estão sendo feitas nos seguintes horários:

    Inglês: 10h15 e 16h15 | Espanhol: 12h45 | Libras: 12h15

    Existem regras de vestimenta a serem observadas: não é permitido o acesso com bermuda, short, camiseta regata, minissaia ou chinelo. Essas restrições não se aplicam a crianças de até 12 anos de idade.

    Visitas temáticas

    O Senado e a Câmara também oferecem visitas técnicas temáticas em espaços específicos do Congresso não contemplados pelo roteiro da visitação diária, diz Tadeu. Nessas visitas, lembra o coordenador, é necessário o agendamento pelo e-mail visite@senado.leg.br.

    Uma dessas visitas é sobre o trabalho de informação e documentação das duas Casas, que permite ao visitante conhecer, em pouco mais de uma hora, o setor de restauração de livros e as bibliotecas de cada uma das Casas, inclusive para conhecer as obras raras do Senado.

    O Senado e a Câmara promovem ainda a visita aos viveiros das duas Casas. O visitante poderá verificar como se dá o processo de compostagem, feito a partir de resíduos orgânicos dos restaurantes localizados no Congresso. Além disso, o visitante vai conhecer o processo de produção de mudas arbóreas para mitigação das emissões de gás carbônico e alguns equipamentos e práticas sustentáveis relacionados a bioarquitetura, agroecologia, energias renováveis, captação de água e tratamento local de esgoto.

    Outro roteiro temático tem como tema ‘Mulheres no Parlamento’. A visita passa pelos espaços mais significativos do Congresso Nacional, mas com o foco na participação da mulher na vida pública no país, desde o Império até os dias atuais. Apesar da ênfase na atuação feminina no Parlamento, trata do envolvimento da mulher na política, inclusive em espaços não institucionais, como é o caso dos quilombos.

    Outras informações sobre o programa de visitação podem ser obtidas no site do Congresso Nacional.

    Fonte: Senado Federal

    Ana Paula Oliveira
    Ana Paula Oliveirahttp://www.diariodebonfinopolis.com.br
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.

    Related Articles

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Stay Connected

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir
    0InscritosInscrever
    - Advertisement -spot_img

    Latest Articles