20.5 C
Brasília
domingo, abril 14, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    GDF lança programação especial para o Mês da Mulher

    O mês de março será marcado por diversas ações do governo voltadas para as mulheres, previstas na quarta edição da agenda Março Mais Mulher. São talk-shows e capacitações, além do lançamento de ações e políticas públicas, como a primeira unidade do Espaço Acolher. Os eventos, que tratam de temas como enfrentamento da violência, saúde da mulher e autonomia econômica, ocorrem até o dia 31.

    “A agenda reúne diversas ações, de vários órgãos e secretarias do GDF, não só para promoção, como para proteção da mulher. É ofertado tanto para as servidoras, como também para toda a sociedade”, explica a secretária da Mulher, Ericka Filippelli. “É interessante porque é uma forma de integrar e fortalecer nossas ações, mostrando que o governo é comprometido com a pauta feminina.”

    “Nosso papel é dar condições para as mulheres se capacitarem e se prepararem para o mercado de trabalho, mas também para elas se desenvolverem e enfrentarem as dificuldades” – Ericka Filippelli, secretária da Mulher

    Uma novidade é o lançamento do Espaço Acolher, em Samambaia. O local será a primeira sede do Núcleo de Atendimento à Família e aos Autores de Violência Doméstica (Nafavds), oferecendo acompanhamento psicossocial às pessoas envolvidas em situação de violência doméstica e familiar.

    Ao longo do mês, as mulheres também poderão conhecer o espaço modelo da Casa da Mulher Brasileira montada no JK Shopping, com visitação diária das 10h às 22h
    Casa da Mulher Brasileira

    Ao longo do mês, as mulheres também poderão conhecer o espaço modelo da Casa da Mulher Brasileira montada no JK Shopping, em Taguatinga, com visitação diária das 10h às 22h. O objetivo é evidenciar as ações de combate à violência do espaço, hoje disponíveis na unidade de Ceilândia.

    “Montamos uma loja vitrine, com algumas referências da casa para que possamos mostrar para as pessoas e as mulheres terem essa proximidade com o equipamento. Infelizmente vivemos uma realidade muito difícil com relação à violência doméstica”, avalia a secretária.

    Além de uma área para visitação, o espaço terá apresentação de programas governamentais e ainda estará aberto para atendimento. A programação no shopping contará também com palestras.

    A casa também é uma forma de divulgar as próximas unidades. Atualmente, o governo aguarda a finalização dos projetos para licitar mais quatro casas da Mulher Brasileira, que serão no Sol Nascente/Pôr do Sol, Recanto das Emas, Sobradinho e São Sebastião.

    Capacitação

    Março também marca o lançamento de dois novos programas da Secretaria da Mulher: Empodera e Realize. “A gente entende que nosso papel é dar condições para as mulheres se capacitarem e se prepararem para o mercado de trabalho, mas também dar condições para elas se desenvolverem e enfrentarem as dificuldades locais”, completa.

    O primeiro será uma formação de mulheres líderes. As inscritas aprenderão a apresentar ofícios e projetos, promover abaixo-assinados e falar em público. Já o Realize trabalha no desenvolvimento socioemocional das mulheres com participação dos especialistas da Secretaria da Mulher.

    Políticas já em execução terão novas temporadas em março. É o caso do programa Jornada Zero Violência Contra Mulheres e Meninas. Do dia 14 a 17, a ação será em Sobradinho, com lideranças locais divulgando as ações e políticas do GDF voltadas ao acolhimento das mulheres.

    Ana Paula Oliveira
    Ana Paula Oliveirahttp://www.diariodebonfinopolis.com.br
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.

    Related Articles

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Stay Connected

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir
    0InscritosInscrever
    - Advertisement -spot_img

    Latest Articles