20.5 C
Brasília
quinta-feira, maio 23, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Projeto oferece 480 vagas para cursos de fotografia e audiovisual

    Sexta-feira (12) é o último dia para quem pretende aperfeiçoar os conhecimentos em fotografia, audiovisual, redes sociais e operação de áudio se inscrever no projeto Comunicador do Futuro, que tem apoio e fomento do Governo do Distrito Federal (GDF). Ao todo, são 480 vagas para jovens a partir de 16 anos, que devem se matricular no site oficial do projeto. Os cursos são gratuitos, e o início das aulas está previsto para o dia 15 deste mês.

    A iniciativa conta com apoio do GDF, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec-DF), e tem oficinas ministradas em uma carreta itinerante, que passará por quatro regiões administrativas. Ceilândia, Estrutural, Riacho Fundo II e São Sebastião foram escolhidas devido à demanda da população.

    As oficinas do projeto Comunicador do Futuro começam no dia 15, em Ceilândia, seguindo para Riacho Fundo II, Estrutural e São Sebastião | Foto: Paulo H. Carvalho/Agência Brasília

    “O projeto visa abrir oportunidades de emprego e especialização nessas áreas para os participantes. A carreta móvel percorrerá as regiões administrativas do DF para democratizar o acesso a atividades culturais e educacionais. O objetivo é oferecer tanto conhecimento teórico quanto prático para preparar os alunos para os desafios profissionais”, afirmou o subsecretário de Difusão e Diversidade da Secec-DF, João Cândido.

    As aulas começam no dia 15 em Ceilândia, onde ocorrem até 9 de fevereiro. Em seguida, o projeto segue para o Riacho Fundo II (de 19 de fevereiro a 15 de março) passando pela Estrutural (entre 25 de março e 22 de abril) e por São Sebastião (de 29 de abril a 24 de maio).

    “A gente quer resgatar esse jovem, mostrar que ele tem valor e que tem condições. Muitas vezes essa pessoa está precisando só de uma oportunidade. A nossa ideia é colocá-los no mercado de trabalho fazendo parcerias com grandes empresas tecnológicas”, concluiu o idealizador do projeto e presidente da Associação de Radiodifusão Comunitária no Distrito Federal (Abraço), Divino Cândido.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES