20.5 C
Brasília
segunda-feira, junho 17, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Qualifica DF Móvel reabre inscrições para 880 vagas em cursos profissionalizantes

    São 880 vagas. E a chance de se profissionalizar em 16 carreiras, recolocando-se no mercado de trabalho em 2023. Nesta terça-feira (25), o Governo do Distrito Federal (GDF) reabriu as inscrições para os cursos de qualificação do Qualifica DF Móvel, programa da Secretaria de Trabalho que forma cidadãos interessados em busca de aprendizado e de capacitação para trabalhar.

    “Estamos qualificando de acordo com a demanda de mercado. Fizemos um levantamento das profissões que mais empregam e que não possuem trabalhadores qualificados. Agora o Qualifica Móvel traz um diferencial: a qualificação vai até o cidadão”

    Thales Mendes Ferreira, secretário de Trabalho

    O chamamento público com o número de vagas para cada um dos cursos oferecidos e as regras para inscrição foi publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça com oportunidades distribuídas em quatro regiões administrativas: 220 no Sol Nascente/Pôr do Sol, 220 na Cidade Estrutural, 220 em Sobradinho e outras 220 em Brazlândia.

    Esta é a primeira ação do Qualifica DF Móvel, quando uma carreta com toda a estrutura para formação profissional dos alunos vai até as cidades. Nas edições do Qualifica DF, que tiveram mais de 25 mil pessoas qualificadas, era o cidadão que deveria se deslocar para pontos fixos.

    “Estamos qualificando de acordo com a demanda de mercado. Fizemos um levantamento das profissões que mais empregam e que não possuem trabalhadores qualificados. Agora o Qualifica Móvel traz um diferencial: a qualificação vai até o cidadão”, explica o secretário de Trabalho, Thales Mendes Ferreira.

    As inscrições poderão ser feitas pelo site da Secretaria de Trabalho ou presencialmente em uma das 14 agências do trabalhador
    São oferecidas vagas para cursos de auxiliar administrativo; montagem e manutenção de computadores; design gráfico; auxiliar de recursos humanos; manutenção de aparelhos celulares; administração de serviços hospitalares; atendente de farmácia; e-commerce; eletricista de sistema fotovoltaico; operador logístico; auxiliar de contabilidade; cuidador/atendente de pet shop; gestão de pequenas propriedades rurais; apicultura; técnicas de cultivo sustentável; fruticultura e e-commerce para agronegócios.

    O que precisa para participar

    As atividades variam em cada uma das regiões e todos os cursos terão carga horária de 80 horas/aula. Para se inscrever e participar, é necessário ser brasileiro, naturalizado ou estrangeiro regularizado no país; ter mais de 16 anos de idade, com autorização dos pais até os 17 anos; ser residente, preferencialmente, nas cidades ou macroterritórios onde as unidades móveis estarão instaladas; estar, preferencialmente, em situação de vulnerabilidade social, em busca da qualificação ou requalificação profissional; ser beneficiário do seguro desemprego, desempregado ou trabalhador informal; e estar, com até os 70 anos, em busca espaço para se habilitar nas novas tecnologias e plataformas de trabalho. População negra, mulheres, jovens, pessoas com deficiência, migrantes, e demais minorias têm prioridade de participação.

    As inscrições poderão ser feitas pelo site da Secretaria de Trabalho ou presencialmente em uma das 14 agências do trabalhador.

    O resultado final da pré-matrícula e a convocação dos candidatos para o início das atividades serão divulgados no site da Secretaria de Trabalho a partir de 31 de outubro de 2022. Os candidatos convocados terão, então, até 4 de novembro, das 8h às 12h e das 13h às 17h, para apresentar toda a documentação comprobatória original exigida no ato da inscrição. O início das atividades formativas será posteriormente divulgado na mesma página da pasta.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES