20.5 C
Brasília
quinta-feira, julho 25, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Reajuste e unificação na gratificação de transporte para carreiras do GDF

    O governador Ibaneis Rocha anunciou nesta quinta-feira (24), em solenidade no Palácio do Buriti, o reajuste e a equiparação em R$ 2,3 mil do auxílio transporte pago às carreiras que realizam atividades de fiscalização e autuação externa. O aumento chega a ser superior a 200%, em algumas funções, como a de fiscais do Procon, que recebem cerca de R$ 800 por mês para se locomover pelas regiões administrativas.

    “Todos prestando o mesmo serviço (externo) com custo semelhante e sendo indenizados, em tese, de forma tão diferente por isso. Mas nós vamos, aos poucos, eliminando essas diferenças e corrigindo o que foi feito” – governador Ibaneis Rocha

    O Decreto nº 43.138 especificando as alterações foi publicado em edição extraordinária do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) na mesma data do anúncio e passa a valer a partir de 1º de julho de 2022.

    As gratificações, chamadas de indenizações de transporte, são pagas a categorias que utilizam os próprios carros para exercer atividades externas às suas repartições. Entre elas estão as de procuradores, auditores tributários e de controle interno, fiscais do Procon, agentes do DF Legal, servidores de Vigilância Ambiental e de atenção à saúde.

    “São profissionais que se empenharam ainda mais em suas funções de fiscalização durante a pandemia e que só agora recebem um reajuste merecido e que vai suprir a necessidade da categoria” – Marcela Passamani, completou a secretária de Justiça e Cidadania

    “Todos prestando o mesmo serviço (externo) com custo semelhante e sendo indenizados, em tese, de forma tão diferente por isso”, declarou ao governador, ao ressaltar o compromisso do governo em, inclusive corrigir distorções salariais construídas ao longo de anos na carreira pública. “Mas nós vamos, aos poucos, eliminando essas diferenças e corrigindo o que foi feito”, completou ele, que este ano autorizou o pagamento da terceira parcela do reajuste dos servidores do GDF.

    Os reajustes e a fixação da indenização de transporte em R$ 2,3 mil foram estudados e autorizados pela Secretaria de Economia e têm um impacto previsto de, aproximadamente, R$ 7,7 milhões no orçamento do governo no segundo semestre de 2022.

    Fiscal do Procon e presidente da associação que representa a categoria, Larissa Galvão, 36 anos, recebeu o anúncio da equiparação da indenização de transporte como um feito histórico. Ela lembra que, desde 2010, o auxílio não era reajustado, o que dificultava a chegada dos fiscais em regiões administrativas mais distantes, principalmente com o custo elevado do combustível. “Isso amplia a nossa área de atuação e de defesa dos direitos do consumidor”, aposta.

    Para o secretário da Casa Civil Gustavo Rocha, o reajuste e a equiparação do benefício demonstram o interesse do governo em tratar igualmente as categorias que exercem funções semelhantes. “O que, consequentemente, os estimula a prestar um serviço melhor e mais comprometido”, ressalta. “São profissionais que se empenharam ainda mais em suas funções de fiscalização durante a pandemia e que só agora recebem um reajuste merecido e que vai suprir a necessidade da categoria”, completou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani.

    Além do governador e dos secretários da Casa Civil e de Justiça e Cidadania, participaram da solenidade de assinatura do decreto os secretários de Economia, Itamar Feitosa; de Governo, José Humberto Pires; e os deputados federais Luis Miranda e Celina Leão, entre outras autoridades.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES