20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Servidor do GDF e aluno da rede pública podem concorrer a bolsas de estudos

    O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou o tradicional concurso para seleção do Programa de Concessão de Bolsas de Estudos, realizado semestralmente. Há vagas abertas no Centro de Ensino Unificado do DF (UDF), conforme o Edital 1, publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta quinta-feira (16). Ao todo, são oferecidas 85 vagas destinadas aos servidores e empregados públicos do Distrito Federal e aos egressos da rede pública de ensino.

    O programa existe desde 1968 e é fruto da cessão de uso do terreno onde o centro universitário está instalado e atualmente está sob gestão da Escola de Governo do DF (Egov), órgão da Secretaria de Planejamento, Orçamento e Administração (Seplad). As inscrições podem ser feitas a partir de 29 de novembro e os candidatos contemplados terão direito a uma bolsa integral para cursar o ensino superior, com início das aulas previsto para fevereiro de 2024.

    Arte: Divulgação/ Segov

    O processo para concessão das bolsas terá etapas distintas de seleção para servidores públicos e sociedade civil. No caso dos candidatos da administração pública, serão levados em conta o tempo de serviço, a assiduidade, o número de dependentes, a remuneração e o nível de escolaridade.

    “Fomentamos oportunidades e transformamos vidas com este programa. Muitas famílias inteiras são beneficiadas com a chance de um ensino superior gratuito e de qualidade”

    Juliana Tolentino, diretora-executiva da Egov

    O edital contempla os 21 cursos presenciais do centro universitário, como direito, administração, pedagogia e letras português/inglês. Para os candidatos da sociedade civil, as exigências incluem a conclusão dos três anos do ensino médio em escola da rede pública de ensino do DF; ter realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) no ano de 2022 e ter obtido média mínima de 400 pontos; além de comprovar hipossuficiência de renda familiar.

    A diretora-executiva da Egov, Juliana Tolentino, destaca que a iniciativa já transformou a vida de milhares de famílias do DF. “Fomentamos oportunidades e transformamos vidas com este programa. Muitas famílias inteiras são beneficiadas com a chance de um ensino superior gratuito e de qualidade. Atualmente, mais de 400 bolsistas seguem matriculados no UDF”.

    Para conferir o edital e obter mais informações sobre o processo seletivo acesse o link da página do programa.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES