20.5 C
Brasília
quinta-feira, julho 25, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Minas Gerais é o segundo estado com mais golpes em negociações online de automóveis no primeiro semestre

    Novembro de 2022 – As pessoas estão cada vez mais digitais e isso se reflete também no mercado automotivo, com mais transações de compra e venda nas plataformas online. Se por um lado todos ganham com a facilidade e agilidade, a falta de conhecimento sobre como funcionam as negociações nesse ambiente pode deixar as pessoas mais expostas a golpes e fraudes. Diante desse cenário, as principais plataformas de compra e venda online do Brasil, iCarros, OLX e SóCarrão, se reuniram para a 2a edição da campanha de educação digital, Semana da Segurança, que acontece simultaneamente nas três plataformas e nas redes sociais das companhias, de 7 a 13 de novembro, alertando sobre os principais golpes que acontecem do mercado de Autos e como os usuários podem se proteger.

    A Pesquisa de mercado realizada para a edição deste ano, aponta que Minas Gerais é o segundo Estado com mais golpes nessa categoria, com 11% dos casos, considerando o 1o semestre de 2022, atrás apenas de São Paulo (44%). Roubo de Dados é o principal golpe aplicado no estado, com 71%, ou seja, os fraudadores utilizam de engenharia social para extrair dados pessoais e bancários das pessoas, para depois o utilizarem em novos golpes, como o do Falso Intermediário; Falso Anúncio aparece em segundo lugar, com 28% dos casos, com veículos inexistentes para conseguir pagamento antecipado, ficando o comprador sem o carro e sem o dinheiro.

    O prejuízo estimado com os golpes aplicados de janeiro a junho de 2022 em Minas Gerais foi de cerca de R$ 44,3 milhões. Um dos principais atributos dos anúncios fraudulentos para atrair as vítimas é o preço do veículo abaixo do mercado. O estudo levantou que em casos de golpes, esse valor fica entre 70% e 80% da tabela FIPE, enquanto os anúncios idôneos têm, em sua maioria, valores de 100% da tabela. Gol, Corolla e Celta são os modelos mais utilizados para aplicar golpes.

    Veículos mais visados

    unnamed
    unnamed

    Perfil das vítimas

    A maioria dos mineiros que caíram em fraudes são homens (88%), contra 12% de mulheres. 50% das vítimas têm até 31 anos.

    A região sudeste é a que mais teve fraudes em Autos, com o estado de São Paulo liderando com 44%, seguido por Minas Gerais, 11%, e Rio de Janeiro, 7%.

    O Brasil é o segundo país com mais crimes digitais, atrás apenas do México, e as fraudes são um problema comum do mercado eletrônico brasileiro. Mesmo com os investimentos realizados pelas plataformas para um ambiente mais seguro, a educação digital é um pilar importante nessa equação, por isso, o tema da campanha é: Segurança não tem concorrência.

    “A informação é a melhor forma de se proteger de golpes e fraudes e sabemos o quanto isso afeta o mercado e as pessoas. Juntos protegermos em dobro e com nossos usuários bem informados, sem dúvida, nos protegemos ainda mais”, comenta Michele Vita, CEO do iCarros.

    “Aliado aos investimentos em tecnologia, a educação digital é um pilar importante para evitar que os fraudadores utilizem de engenharia social para enganar as pessoas e aplicar golpes. É fundamental que os usuários entendam como funciona o processo de compra e venda, para que identifiquem atitudes suspeitas e quais são as maneiras mais seguras para negociar com segurança e ter uma boa experiência”, destaca Beatriz Soares, diretora de Produto da OLX.

    “Com mais acesso aos canais digitais, precisamos empoderar o usuário com informações de qualidade para que ele tenha consciência ao longo da jornada de buscas e aquisição de veículos, fornecer dados que ajudem na capacitação digital, investir em tecnologia focada na proteção e orientação. Tudo isso ajuda nessa conscientização dos clientes e dificulta as ações dos fraudadores. Contribuir com a segurança durante o processo de compra e venda é uma responsabilidade de todos os marketplaces automotivos”, destaca Jefferson Rocha, CEO do SóCarrão.com.

    Durante toda a semana, as empresas irão disponibilizar para as pessoas em suas redes sociais informações sobre negociações seguras e como identificar possíveis golpes, com textos e vídeos, além de uma página exclusiva sobre o tema www.semanadaseguranca.com.br

    Confira abaixo as principais medidas que devem ser adotadas para se prevenir da ação dos fraudadores:

    Negociar diretamente com o proprietário do veículo ou com a pessoa que irá comprar o item, evite negociar com terceiros, como parentes, amigos ou revendedores não autorizados;
    Tire todas as dúvidas preferencialmente pelo chat e canais oficiais das plataformas, evitando levar a conversa para aplicativos de mensagem, que são ambientes menos controlados;
    Sempre marque uma visita para ver o veículo presencialmente antes de fechar o negócio e prefira locais públicos e movimentados, como estacionamentos de shoppings e supermercados e vá, de preferência, acompanhado e durante o dia;
    Antes de concluir o negócio, peça uma Vistoria Cautelar em uma empresa credenciada pelo Detran e vá junto com o dono do automóvel;
    Faça o pagamento apenas em uma conta em nome do proprietário do veículo e antes de depositar, verifique os dados direto com o proprietário;
    Se está vendendo, confirme os dados bancários da conta em que o valor do veículo deve ser depositado;
    Vendedor e comprador devem ir junto ao cartório fazer a transferência e o pagamento só deve ser feito quando a transação for concluída no cartório

    SourceOLX


    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES