20.5 C
Brasília
segunda-feira, junho 17, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Governo de Minas faz balanço das buscas em Brumadinho, após 11 dias da tragédia

    134 corpos foram encontrados, 120 vítimas foram identificadas e 199 pessoas continuam desaparecidas

    Segundo informações divulgadas pelo Governo de Minas, na tarde desta segunda-feira (4), 134 corpos foram encontrados pelo Corpo de Bombeiros do Estado, em Brumadinho, após o rompimento da barragem B1 Mina do Feijão, na sexta-feira (25). Já foram identificadas 120 vítimas e 199 pessoas continuam desaparecidas. O tenente Pedro Aihara, porta-voz do Corpo de Bombeiros de Minas Gerais nos trabalhos no município, afirmou hoje, que a ação de resgate pode ser encerrada sem que todos os corpos sejam localizados, devido a decomposição biológica e as características da tragédia. O que causa uma tristeza ainda maior para os familiares.

    Ainda segundo as informações do Governo Estado, as buscas desta segunda-feira (4) foram parcialmente retomadas em razão da chuva que atinge a região. No total, 394 pessoas já foram localizadas e 105 estão desabrigadas. A nota informa que a Polícia Civil de Minas Gerais já coletou 522 amostras de DNA para que seja feita a devida identificação das vítimas.

    A equipe quem tem familiares que possam estar entre as vítimas, mas que não constam em listas já divulgadas, devem enviar e-mail, com o nome completo, data de nascimento, CPF, Carteira de Identidade e foto, se possível, para: dvibrumadinho@gmail.com.

    O utra forma de facilitar o atendimento às famílias atingidas pelo rompimento da Barragem Córrego do Feijão é a emissão gratuita de Carteiras de Identidade pela Polícia Civil de Minas Gerais. O serviço vai ser realizado nesta terça-feira (5), no Parque das Cachoeiras, a partir das 8h30.

    A Vale fará contato com as pessoas para agendar o horário e também vai disponibilizar um fotógrafo no local para fazer as fotografias dos interessados. Serão necessárias duas fotos 3×4, além da certidão de nascimento ou casamento original. Ao todo, vão ser distribuídas 200 senhas à população. A entrega do documento ocorrerá sete dias após a emissão, na Delegacia de Polícia Civil de Brumadinho.

    Fonte: Agência Minas



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES