Prefeito de Bonfinópolis de Minas quer Réveillon e Carnaval no parque de exposições

728
Parque
Parque de Exposições

Donizete Antônio dos Santos esclareceu os motivos da transferência das duas festas, na rádio local, nesta quarta-feira (16). A principal preocupação do gestor é com a segurança do público

A população de Bonfinópolis de Minas está acostumada a participar do Carnaval, Réveillon e outros eventos, na Praça Silvézia Cândida, que fica na entrada da cidade. Mas, na visão do prefeito, Donizete Antônio dos Santos está cada vez mais perigosa a realização de grandes festas no local. Segundo o gestor, o aumento do tráfego de veículos nos últimos anos também intensifica o risco de acidentes. A proposta do prefeito é a de levar os dois eventos para o Parque de Exposições Henrique Luiz Brandão. A ideia é que a mudança comece a partir do feriado 1º de janeiro.

O parque de exposições pertence ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais. No local, é realizada a principal festa da cidade, a Expobom. A intenção do prefeito é de investir em melhorias estruturais como a pavimentação inicial de 4 mil metros quadrados do espaço e, posteriormente, na construção de sanitários. Como o local é de propriedade privada, para que a Prefeitura possa destinar recursos para as obras, é preciso da aprovação dos vereadores da Câmara Municipal.

Praça Silvézia Cândida
Praça Silvézia Cândida

A Praça Silvézia Cândida é o cartão postal do município e Donizete reconhece que a mudança do local de festas pode provocar polêmica entre os moradores. Na intenção de esclarecer os pontos positivos e negativos, o prefeito participou da programação da rádio local, nesta quarta-feira (16). A Prefeitura disponibilizou uma enquete para que os moradores possam participar, dando a opinião sobre a possível mudança.

“Toda mudança traz um primeiro impacto, mas a proposta é no sentido de buscar melhoria e preservar, acima de tudo, a segurança do público e de quem trafega pela cidade. Eu vejo que nesse momento a gente tem que deixar a paixão de lado e usar a razão. E a razão nos impõe o dever de cuidar, principalmente da questão da segurança. Festa é muito bom, mas não adianta se ela oferece riscos de acidentes. A gente tem que minimizar esses riscos “, comentou na rádio.

Ouça a fala do prefeito na rádio

Comércio

Com a transferência das festas para o parque de exposições, os comerciantes, como donos de bares, localizados na rua da praça, certamente serão prejudicados. De acordo com Donizete, esses comerciantes serão deslocados para o parque nas datas dos eventos e os outros encontros culturais, que reúnam um número menor de pessoas, continuarão sendo realizados na praça.

Parque de Exposições

O Parque de Exposições Henrique Luiz Brandão fica afastado do centro da cidade, o que pode torná-lo mais apropriado para os festejos, já que ameniza o barulho e eventuais transtornos aos moradores. Além disso, o espaço amplo pode proporcionar maior conforto ao público, mas, como reconheceu, o prefeito, é preciso investir em melhorias.

Frutibom

O prefeito aproveitou o espaço na rádio para falar sobre o Projeto de Apoio à Fruticultura de Bonfinópolis de Minas (Frutibom), Projeto de Lei 26/2019, que poderá conceder apoio financeiro no valor de até R$ 12 mil por hectare produzido por meio de irrigação. A meta é atender 30 produtores em 2019 e 30 em 2020.

Ouça e fique por dentro

Donizete adiantou que um seminário, promovido por um técnico da Codevasf (Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba), especialista em fruticultura e também por um profissional Abrafrutas (Associação Brasileira de Produtores Exportadores de Frutas e Derivados), será realizado em novembro, para capacitar os produtores e potencializar a produção de frutas em Bonfinópolis.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorProdutores rurais poderão refinanciar dívidas com juros de 8% ao ano
Próximo artigoDiário de Bonfinópolis participa de encontro de e-commerce em Brasília
Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.