20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Confira cuidados com a saúde para se proteger das altas temperaturas

    s últimos dias do inverno não serão fáceis de encarar. O alerta é do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), que indica que as temperaturas podem ultrapassar os 40º C em algumas regiões do Brasil. Isso acontece por causa de uma forte massa de ar quente que predomina no país. Essa onda de calor demanda cuidados com a saúde, principalmente entre crianças e idosos, já que o tempo seco e a baixa umidade do ar podem levar a problemas respiratórios, ressecamento da pele, desconforto nos olhos, boca e nariz.

    Neste período, a hidratação, principalmente por meio da ingestão de água, é ainda mais importante. Isso porque o nosso corpo precisa de líquido para manter sua temperatura ideal de funcionamento. O uso do filtro solar também é muito importante. Ele deve ser aplicado 30 minutos antes de expor-se ao sol para que seja absorvido e deve ser reaplicado a cada duas horas em que permanecer ao sol. O produto deve ser distribuído em todas as partes do corpo, incluindo mãos, orelhas, nuca e pés.

    Confira, abaixo, outras orientações do Ministério da Saúde para manter a hidratação e proteção do corpo durante o período seco:

    Hidratação é fundamental

    Aumente a ingestão de água ou de sucos de frutas naturais, sem adição de açúcar, mesmo sem ter sede;
    Evite bebidas alcoólicas e com elevado teor de açúcar;
    Faça refeições leves, pouco condimentadas e mais frequentes;
    Recém-nascidos, crianças, idosos e pessoas com alguma comorbidade podem não sentir sede. Ofereça-lhes água.

    Cuidados coletivos e em casa

    Se possível, feche cortinas e/ou janelas mais expostas ao calor e facilite a circulação do ar;
    Abra as janelas durante a noite;
    Utilize menos roupas de cama e vista-se com menos roupas ao dormir, sobretudo, em bebês e pessoas acamadas;
    Informe-se periodicamente sobre o estado de saúde das pessoas que vivem só, idosas ou com dependência, que vivam perto de si e ajude-as a protegerem-se do calor;
    Mantenha ambientes úmidos com umidificadores de ar, toalhas molhadas ou baldes de água.

    Cuidados com a saúde

    Mantenha medicamentos abaixo de 25º C na geladeira (ler as instruções de armazenamento na embalagem);
    Procure aconselhamento médico se sofrer de uma doença crônica, condição médica ou tomar vários medicamentos;
    Busque ajuda se sentir tonturas, fraqueza, ansiedade ou tiver sede intensa e dor de cabeça;
    Se sentir algum mal-estar, busque um lugar fresco o mais rápido possível, meça a temperatura do seu corpo e beba um pouco de água ou suco de frutas para reidratar;
    No período de maior calor, tome banho com água ligeiramente morna. Evite mudanças bruscas de temperatura.
    Proteja-se do sol e do calor

    Evite a exposição direta ao sol, em especial, de 10h às 16h;
    Se expor ao sol sem a proteção adequada contra os raios ultravioleta deixa a pele vermelha, sensível e até com bolhas. Use protetor solar;
    Use chapéus e óculos escuros;
    Proteja as crianças com chapéu de abas;
    Use roupas leves e que não retêm muito calor;
    Diminua os esforços físicos e repouse frequentemente em locais com sombra, frescos e arejados;
    Em veículos sem ar-condicionado, deixe as janelas abertas;
    Não deixe crianças ou animais em veículos estacionados.

    Quais os grupos mais vulneráveis neste período?

    Como se adaptar no dia a dia para evitar a exposição ao calor?

    E em casa? Como me proteger? Quais as orientações para a população?

     



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES