20.5 C
Brasília
sábado, abril 13, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Governo de Minas assina ordem de início para concluir obras de pavimentação da LMG-680

    O Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG) emitiu, nessa segunda-feira (20/6), ordem de início para que a empresa responsável pelas obras de melhoramentos e pavimentação de 68 quilômetros da LMG-680 e pela construção da ponte de 195 metros sobre o rio Paracatu, comece os serviços.

    A pavimentação ligará as cidades de Paracatu e Brasilândia de Minas, dois importantes municípios da região Noroeste do estado.

    A LMG-680, além da ligação entre as cidades, é responsável pelo escoamento da produção sucroalcooleira da maior área irrigada do Brasil e uma das maiores áreas da América Latina. Paracatu, hoje, possui uma área irrigada de aproximadamente 73 mil alqueires de terra, onde estão instaladas duas usinas de beneficiamento de cana-de-açúcar. O investimento para a realização das obras é de aproximadamente R$ 27 milhões.

    Para o diretor-geral do DER-MG, Robson Santana, “a pavimentação da LMG-680 será mais uma rota de ligação entre as regiões Norte e Noroeste do Estado de Minas Gerais e passará por área com alta capacidade de desenvolvimento do agronegócio”.

    Vale salientar que, a partir da ordem de início, a empresa responsável pela execução dos serviços já poderá começar a montar canteiro de obras, contratação de mão-de-obra, deslocamento de maquinário, além de outras providências. O início efetivo dos trabalhos nas pistas está programado para o mês de agosto.

    Provias

    Reverter a situação precária em que se encontram muitas rodovias mineiras devido ao baixo investimento realizado por gestões anteriores na manutenção das estradas é o principal objetivo do Provias.

    O programa conta com R$ 2 bilhões em investimentos, que estão sendo aplicados em 99 intervenções em rodovias de Norte a Sul do Estado.

    Dos recursos destinados ao Provias, R$ 1,4 bilhão é originado do Acordo Judicial assinado com o objetivo de reparar danos decorrentes do desastre de Brumadinho, que tirou 272 vidas e gerou uma série de impactos sociais, ambientais e econômicos na bacia do Rio Paraopeba e em todo o Estado de Minas Gerais.

    Além disso, cerca de R$ 120 milhões têm origem no Termo de Transação e de Ajustamento de Conduta (TTAC) firmado entre o Governo de Minas e a Fundação Renova. O restante é fruto convênios e emendas parlamentares estaduais e federais, parcerias com empresas e convênios com prefeituras.

    Ana Paula Oliveira
    Ana Paula Oliveirahttp://www.diariodebonfinopolis.com.br
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas. Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida.

    Related Articles

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    Stay Connected

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir
    0InscritosInscrever
    - Advertisement -spot_img

    Latest Articles