20.5 C
Brasília
domingo, julho 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Governo de Minas investe em formação e capacitação para prevenção e resposta a desastres

    A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) realiza nesta quinta-feira (20/6), em Belo Horizonte, o encontro presencial do Curso de Sistema de Comando em Operações (SCO), promovido em parceria com a Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg).

    Com 60 pessoas, de 42 municípios mineiros, inscritas, o curso possui carga horária de 30 horas/aulas e representa uma das diversas ações de investimento em formação e capacitação realizadas pelo órgão.

    O Sistema de Comando de Operações é uma ferramenta gerencial que padroniza ações de resposta em situações críticas de qualquer natureza ou tamanho.

    Utilizando práticas de administração, o SCO se baseia em três pilares: maior segurança para equipes de resposta e demais envolvidos; alcance de objetivos e prioridades previamente estabelecidas; e uso eficiente dos recursos disponíveis.

    “O conhecimento do Sistema de Comando em Operações (SCO) é fundamental para enfrentamento de qualquer situação adversa. Ao difundir o presente treinamento entre os coordenadores e agentes municipais, a Defesa Civil visa preparar o Estado para atuar em ocorrências de desastres, salvar vidas e minimizar os danos”, ressaltou o capitão Paulo Souza, Diretor de Educação em Proteção e Defesa Civil de Minas Gerais.

    A parte prática abrange atuação simulada em quatro cenários, que representam quatro tipos de desastres: hidrológico, epidemiológico, de incêndio e acidentes com carga perigosa.

    Diante das supostas crises, os alunos são chamados a atuar e responder adequadamente, montando o posto de comando e fazendo as tratativas conforme os ensinamentos adquiridos na doutrina de SCO e as prioridades estabelecidas.

    Além disso, no dia 14/6, 110 alunos concluíram o 2º Curso de Formação de Coordenadores Municipais de Defesa Civil, desenvolvido pioneiramente com a Uemg e o Serviço Geológico do Brasil (SGB).

    O curso, na modalidade EAD e com módulos presenciais, abordou temas como mapeamento de áreas de risco, SCO, Núcleo de Proteção e Defesa Civil (Nupdec), e vistoria técnica de edificações.

    Além disso, a Defesa Civil desenvolve o curso de 1º Interventor em Proteção e Defesa Civil, que acontece em Regiões da Polícia Militar (RPM) espalhadas em todo o estado.

    O curso visa compartilhar conhecimentos e capacitar policiais militares para atuarem em ocorrências referentes às ações e proteção e defesa civil, bem como padronizar procedimentos na gestão de risco e desastre, considerando que os policiais geralmente são os primeiros agentes públicos que se deparam com esses cenários.

    Ao todo, foram promovidos 21 eventos que capacitaram 1.217 pessoas no primeiro semestre de 2024, abrangendo 239 municípios mineiros.

    Agentes de outros estados, como Rio de Janeiro, Rondônia, Goiás, Rio Grande do Norte e Distrito Federal, também participaram das capacitações desenvolvidas pela Cedec.

    Prevenção é prioridade em Minas

    O Governo de Minas, por meio da Defesa Civil, se empenha para que o Estado se torne cada vez mais resiliente, o que significa estar preparado e ser capaz de passar por possíveis adversidades da melhor forma possível.

    O investimento em capacitação visa preparar os profissionais e equipes da Defesa Civil para agir de forma coordenada e eficiente em momentos de crise, garantindo uma resposta adequada e rápida para proteger a população e minimizar os danos causados por desastres naturais, acidentes ou qualquer outra situação de emergência.

    Visa promover também melhoria contínua dos serviços prestados e o aprimoramento das estratégias de prevenção e mitigação de desastres, para proteger a vida e o patrimônio da população.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES