20.5 C
Brasília
segunda-feira, junho 17, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    MPMG destina verba compensatória a projeto de preservação de cachoeira em Brasilândia de Minas

    O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), pela Coordenadoria Regional de Meio Ambiente das Bacias dos Rios Paracatu, Urucuia e Abaeté, e pela 2ª Promotoria de Justiça da comarca de João Pinheiro, destinou verba de medida compensatória ambiental para apoiar o projeto “Meu Pé de Serra”, a ser implementado no município de Brasilândia de Minas, situado no Noroeste do Estado.

    O referido projeto, apresentado pelo Rotary Club, é voltado a promover ações de revitalização do caminho de acesso à cachoeira da Serra Extrema e de conscientização sobre a importância da preservação e da potencialidade turística da região.

    A cachoeira da Serra Extrema enfrenta problemas como degradação e depredação de suas nascentes, excesso de lixo, vandalismo, falta de infraestrutura e focos potencializadores de incêndio.

    Os recursos, no importe de R$ 48 mil, são oriundos de medida compensatória fixada em Termo de Ajustamento de Conduta celebrado com a empresa Bioenergética Vale do Paracatu (Bevap), nos autos do IC nº 0363.20.000464-8.

    Segundo as promotoras de Justiça, Carolina Frare Lameirinha e Fabiana Pereira de Lima Lopes, “considerando que a referida empresa opera suas atividades também no município de Brasilândia de Minas, buscou-se contemplar um projeto que favorecesse diretamente a população e o meio ambiente local”.

    O projeto fora devidamente aprovado pela Plataforma Semente e terá sua execução e prestação de contas acompanhada pela equipe da citada plataforma, a fim de garantir segurança e transparência na utilização do recurso da medida compensatória ambiental.

    SourceMPMG


    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES