20.5 C
Brasília
terça-feira, maio 21, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Unidade do Exército Brasileiro é inaugurada em Paracatu

    Neste mês de março, foi criada a primeira turma de atiradores do Tiro de Guerra de Paracatu (MG). Uma solenidade foi organizada para marcar a matrícula dos primeiros atiradores da cidade, com a presença do Comandante da 4ª Região Militar, do Prefeito do município, e de autoridades civis e militares. O Tiro de Guerra de Paracatu foi criado em 2023 e entrou em operação em janeiro de 2024.

    Reprodução: Exército Brasileiro/4ª Região Militar

    Os Tiros de Guerra são pequenas unidades do Exército Brasileiro, que têm a missão de formar cidadãos para a reserva mobilizável. Geralmente, essas unidades são instaladas em cidades que não possuem quartel e, desta forma, permitem ao jovem que completa 18 anos prestar o serviço militar obrigatório, sem sair de sua localidade. Esses jovens são chamados de atiradores e, além da formação militar, desenvolvem valores como civismo, cidadania e patriotismo,

    Na cidade de Paracatu, o Tiro de Guerra já está integrado às demandas locais, com previsão de apoiar a campanha contra a dengue, mobilizando os atiradores para a limpeza de locais públicos e para a distribuição de panfletos de conscientização da população.

    Há também o planejamento para criar um ciclo de instruções e palestras junto aos órgãos de segurança pública locais, além de uma parceira com a Polícia Militar Ambiental para apoiar a Campanha Cidade Limpa 2024,

    Reprodução: Exército Brasileiro/4ª Região Militar

    O Tiro de Guerra representa uma parceria importante entre o Exército e a cidade. A prefeitura municipal é responsável pela instalação da sede do Tiro de Guerra, bem como sua manutenção, provendo equipamentos e pessoal administrativo para garantir o seu bom funcionamento. Por sua vez, o Exército fornece instrutores capacitados para prover os treinamentos, bem como todo o fardamento, equipamentos, armamento e munição necessários para desenvolver a atividade militar.

    Os atiradores são selecionados entre os cidadãos que fizeram o alistamento militar na cidade, mediante processo seletivo para prestação do serviço militar no Tiro de Guerra.

    Reprodução: Exército Brasileiro/4ª Região Militar


    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES