20.5 C
Brasília
quinta-feira, julho 25, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Homem mata ex-namorada, invade igreja e mata fiéis em Paracatu

    Após esfaquear a ex-namorada, o atirador Rudson Aragão Guimarães foi até a igreja, que fica no mesmo bairro e atirou contra membros da igreja. Quatro pessoas morreram

    Um homem invadiu uma igreja evangélica na noite desta terça-feira (21) e matou quatro pessoas em Paracatu. O crime aconteceu na igreja Batista Shalon no bairro Bela Vista.

    De acordo com a Polícia Militar (PM) antes de abrir fogo contra fiéis da igreja, o homem foi na casa da mãe no bairro Bela Vista, atrás da ex-namorada e de posse de uma faca atingiu a ex-namorada no pescoço. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

    Após esfaquear a ex-namorada, o atirador Rudson Aragão Guimarães foi até a igreja que fica no mesmo bairro, arrancou uma barra da grade de proteção entrou na igreja e começou a efetuar disparos contra cerca de 20 membros da igreja que participavam de um momento de oração.

    As vítimas são membras da igreja Batista Shalon e entre as vítimas está o pai do pastor, Antônio Rama, que morreu durante os disparos.Os nomes das outras vítimas é Heloísa Vieira Andrade, ex-namorada de Rudson, Rosângela Albernaz, Marilene Marins de Melo Neves.

    Todas as vítimas chegaram a ser socorridas ao pronto socorro pela Equipe do corpo e bombeiros e ambulâncias do hospital municipal. O Atirador foi alvejado na clavícula e segue em observação com escolta policial.

    Segundo relatos de moradores, o homem estava descontrolado e dizia que iria matar o pastor da igreja. O pastor conseguiu fugir pulando o muro e acabou machucando o pé.

    Segundo a Polícia Militar, o atirador teria sido afastando da igreja por mal comportamento, mas as reais causas que podem ter levado o atirador a cometer o crime, está sendo investigado.O atirador estava armado com uma garrucha calibre 36 e possuía ainda mais seis munições, quando foi interceptado pelos militares que atirou contra Rudson, evitando que ele matasse mais vítimas.

    No pronto socorro, dezenas de pessoas aguardavam por informações das vítimas, pessoas desesperadas chorando e buscando informações de parentes e amigos.

    Texto e Fotos: Paulo Sérgio- Paracatu News

    Acesse na fonte original



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES