20.5 C
Brasília
quinta-feira, maio 23, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Estado cria Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado

    Com o objetivo de intensificar ações qualificadas de repressão à criminalidade organizada, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) e a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) firmaram cooperação técnica para a criação do Grupo Especial de Repressão ao Crime Organizado.

    A estratégia prevê a cooperação entre agências de inteligência, unidades investigativas e grupos operacionais das duas instituições para o enfrentamento às ações de facções criminosas e manifestações de grave ameaça à ordem e à segurança pública.

    A instituição de um grupo especializado de organismos policiais constitui ferramenta nacional e internacionalmente aceita como efetiva para a contenção da criminalidade.

    Para formalizar a parceria, o secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco, e a chefe da Polícia Civil de Minas Gerais, delegada-geral Letícia Gamboge, reuniram-se na tarde de quinta-feira (25/1), juntamente com as equipes envolvidas na criação do grupo especial.

    Tempo real

    Rogério Greco ressaltou que o foco principal é tentar minar a atuação de facções criminosas em Minas Gerais.

    “Com essa parceria com a Polícia Civil, a Segurança Pública dá um passo extraordinário, porque agora a gente tem toda a inteligência do sistema prisional utilizada de forma muito mais célere. As informações que a gente tem serão utilizadas em tempo real, e isso tem um efeito inibidor assustador para essas facções criminosas”.

    A chefe da PCMG também destacou a relevância da criação do grupo para o combate à criminalidade no estado.

    “A celebração do acordo de cooperação técnica é de suma importância, pois potencializará as ferramentas para a investigação criminal no âmbito da PCMG”.

    Para o diretor-geral da Agência Central de Inteligência da Sejusp, delegado Murillo Ribeiro de Lima, um dos coordenadores-gerais do novo grupo, “a iniciativa potencializa ações estratégicas, aproxima as instituições e entrega ao cidadão mineiro uma resposta ainda mais assertiva frente ao fenômeno do crime organizado e suas variáveis”.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES