20.5 C
Brasília
sexta-feira, julho 19, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Bombeiros encontram 8º corpo de vítimas de desabamento em Capitólio (MG)

    Equipes do Corpo de Bombeiros retomaram as buscas, na manhã deste domingo (9) e oitavo corpo de vítima do desabamento de parte do Cânion no lago de Furnas, em Capitólio (MG), foi encontrado. Segundo a corporação, ainda existem duas pessoas desaparecidas.

    Segundo os bombeiros, a vítima fatal encontrada é um homem, mas ainda não há detalhes sobre a identidade da vítima. Localizado intacto e inteiro, o cadáver está sendo periciado pela Polícia Civil, no posto de comando dos bombeiros montado na região, e seguirá para o Instituto Médico-Legal (IML).

    Os bombeiros retomaram os trabalhos, ainda na madrugada, às 5h com um grupo de cerca de 50 profissionais, entre bombeiros e militares da Marinha. Ao todo, 11 do grupo  que atua na operação, são mergulhadores do Corpo de Bombeiros. A Marinha do Brasil emprega sete viaturas, quatro lanchas e três motos aquáticas.

    O desabamento ocorreu por volta das 12h30, deste sábado (8), quando um grande bloco de pedra se desprendeu do cânion do Lago de Furnas e caiu sobre pelo menos três lanchas. Duas embarcações afundaram.

    Além dos oito mortos, a tragédia deixou 32 pessoas feridas. Pelo menos dois dos feridos tiveram fraturas expostas e passaram por cirurgias em hospitais da região. Vídeos nas redes sociais mostraram o momento do desabamento, no principal ponto turístico do passeio de lancha, com duas cachoeiras na entrada do cânion.

    Na noite deste sábado, o prefeito de Capitólio, Cristiano Silva (PP) decretou três dias de luto oficial no município em solidariedade às vítimas e seus familiares. Já, neste domingo (9), o prefeito anunciou o fechamento do turismo aquático na cidade por tempo indeterminado. Com isso, as entradas de cânions permanecerão interditadas até que haja um parecer técnico da Defesa Civil.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    1 COMENTÁRIO

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES