20.5 C
Brasília
quarta-feira, maio 22, 2024
Banner Anuncio
Mais...

    Censo para aposentados do Estado estará disponível até dia 23/10

    Ipsemg / Divulgação

    Mais de 158 mil servidores aposentados e afastados preliminarmente do Poder Executivo de Minas Gerais já realizaram o 1º Censo previdenciário do Regime Próprio de Previdência Social de Minas Gerais (RPPS-MG). O recenseamento é on-line, podendo ser feito de casa ou presencialmente nas unidades regionais do Instituto de Previdência dos Servidores do Estado de Minas Gerais (Ipsemg), de atendimento integrado (UAIs) e de ensino que foram disponibilizadas.

    Apesar do grande número de participantes, cerca de 68 mil aposentados ainda não fizeram o procedimento que é obrigatório e deve ser realizado até 23/10/2023. Sem a atualização cadastral no sistema do Censo, o servidor aposentado ou afastado preliminarmente poderá ter seu pagamento suspenso provisoriamente.

    O Ipsemg conversou com alguns desses aposentados que já realizaram o Censo. Os ex-servidores relataram suas experiências com o recenseamento no vídeo abaixo:

    Censo RPPS-MG

    O Ipsemg ressalta que o procedimento é obrigatório e on-line e pode ser realizado por meio de link disponível no site do Ipsemg ou portal do Comitê de Acompanhamento da Gestão Previdenciária (Coprev) ou ainda no Portal do Servidor.

    Para fazer a atualização cadastral do censo, o aposentado deve seguir o passo-a-passo a seguir:

    Acesse o site do Ipsemg (www.ipsemg.mg.gov.br), role a página até o final e clique no selo do Censo RPPS-MG.

    Na página do censo, insira o CPF e senha, caso possua a senha do Portal do Servidor (Portal de consulta ao contracheque) ou do Sistema Eletrônico de Informações – SEI.

    O sistema irá direcionar para a página onde constam seus dados pessoais e o questionário a ser validado. Em seguida, preencha o endereço completo, o celular e confirme se os dados pessoais estão corretos.

    Em seguida, informe se possui dependentes previdenciários.

    Realizado o preenchimento do formulário, clique em “salvar”.

    Ao final, o sistema apresentará a confirmação de realização do censo e o número do protocolo.

    O servidor inativo que não possuir acesso à internet poderá comparecer à Unidade de Recursos Humanos do órgão ou da entidade de lotação ou, no caso do notário aposentado, na Secretaria de Estado de Governo (Segov), para realização do recenseamento, durante o período estabelecido no cronograma. O segurado deverá apresentar documento de identificação com foto.

    Para acessar outras informações ou tirar dúvidas sobre o censo para os aposentados, clique aqui.



    Sobre Ana Paula Oliveira
    Jornalista formada em Brasília tendo a Capital Federal como principal cenário de atuação nos segmentos de revista, internet, jornalismo impresso e assessoria de imprensa. Infraero, Engenho Comunicação, Portal Fato Online e Câmara em Pauta, Revista BNC, Assessoria de Comunicação do Sesc-DF, Empresa Brasil de Comunicação (EBC), Rádio Nacional da Amazônia e Jornal GuaráHOJE/Cidades são algumas das empresas nas quais teve a oportunidade de trabalhar com alguns dos renomados nomes do jornalismo no Brasil, e não perdeu nenhuma chance de aprender com esses profissionais. Na televisão, atuou na TV local de Patos de Minas em 2017, além de experiências acadêmicas.
    Ana Paula Oliveira nasceu em Bonfinópolis de Minas e foi morar em Brasília aos 14 anos e retorna à cidade natal em 2018. Durante os 20 anos em que passou na capital, a bonfinopolitana não desperdiçou as chances de crescer como pessoa e também como profissional, com garra e determinação. Além disso, conquistou algo não menos fundamental na sua caminhada: amigos. Isso mesmo. Para a jornalista não ter verdadeiros amigos significa ter uma vida vazia. E, com certeza, esse é um dos seus objetivos, fazer novos amigos nessa nova jornada da vida..

    Destaques

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    redes sociais

    0FãsCurtir
    0SeguidoresSeguir

    RECENTES